Autores Teatrais Recorrem a Associação de Música

 Os direitos autorais das obras de Jorge Amado, Zélia Gatai, Tim Rescala e outros 12 autores de teatro brasileiros têm sido recolhidos, há um ano, por uma entidade especializada no recolhimento na área musical, a Abramus (Associação Brasileira de Música). A mesma associação também está responsável pela encenação, no País, de obras de autores estrangeiros como Federico Garcia Lorca, Fernando Arrabal, Éugéne Ionesco, Jean Genet e Marguerite Duras.

Segundo a entidade, o principal motivo para autores de outras áreas associarem-se à Abramus é o não recebimento dos valores equivalentes aos direitos autorais. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Abramus afirma que as sociedades estrangeiras não encontravam representatividade no mercado interno para defender os direitos autorais de seus artistas.

A Abramus é uma das principais sociedade de arrecadação e distribuição de direitos autorais e conexos na música. Os 5 mil autores, compositores e demais titulares ligados à instituição recolheram em 2003, juntos, cerca de R$ 67 milhões, o que equivale a 32% dos R$ 209 milhões arrecadados pelo Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição).

 

    Author: Redação

    Share This Post On