Atração Avalia Presença do Negro nas Telas

 

 

 

 

A historicamente problemática presença do negro na produção audiovisual brasileira é tema do programa “O Cinema Afro-Brasileiro”, que vai ao ar hoje à noite no canal STV. Com direção de Marco Altberg, a atração mapeia a participação de atores negros na televisão e cinema nacionais, um mapa que começa num tom pessimista, mas que acaba numa clave otimista, com destaque para o longa-metragem “Filhas do Vento”, vencedor de oito Kikitos no Festival de Gramado de 2004, com um elenco só de negros.

A nota pessimista do início do programa remonta à novela “O Direito de Nascer”, de 1964, e ao sucesso alcançado pela atriz Isaura Bruno [a personagem Mãe Dolores], que não representou um passo adiante na legitimação da identidade do negro na sociedade. A atriz, conta o apresentador Carlos Alberto Mattos, morreu pobre, em São Paulo, onde terminou a vida vendendo doces.

O caso de Isaura Bruno é apenas um dos exemplos levantados pela atração de como atores negros sofreram com a negação da multirracialidade brasileira na TV e cinema do país, onde sempre foram relegados aos papéis de bandidos, malandros, jagunços etc., papéis de que, conforme conta o cineasta Joel Zito Araújo, nenhum ator negro brasileiro escapou.

Araújo, que em 2000 levou às telas o documentário “A Negação do Brasil”, sobre o papel do negro nas telenovelas brasileiras, é citado no programa como um dos mais bem-sucedidos militantes da causa, ao lado de diretores como Cacá Diegues, Zózimo Bulbul e Sylvio Back. O longa-metragem “Filhas do Vento”, sua estréia na ficção, tem o maior elenco de atores negros da história do cinema nacional e representa um sinal de que a dívida do audiovisual brasileiro com o ator negro começa a ser saldada.

O Cinema Afro-Brasileiro
Quando: hoje, às 22h30, na “Revista do Cinema Brasileiro”, na STV (Rede SescSenac de Televisão); com reapresentações nos dias 1º/10, às 7h; 2/10, às 6h30; 3/10, às 9h30; 4/10, às 16h; 5/10, às 3h30; e 6/10, à 1h

    Author: Redação

    Share This Post On