500 Pontos no Brasil


 

O Cultura Viva – programa que visa difundir e resgatar as mais variadas manifestações da cultura brasileira – alcança a marca de 500 Pontos de Cultura no Brasil. Nos meses de dezembro de 2006 e janeiro de 2007, mais de dez Pontos de Cultura foram conveniados pela Secretaria de Programas e Projetos Culturais, braço do Ministério da Cultura que coordena o Programa.

Os novos Pontos de Cultura são do 3º e do 4º editais, que receberam cerca de 2.300 inscrições de projetos. A seleção pública contemplou organizações não-governamentais e entidades do governo ligadas à Cultura. “Vamos avançando na implantação de Pontos de Cultura em todo o país. O Ponto de Cultura está se tornando uma marca, quase uma franquia. Têm grupos que já propõem dispensar os recursos, reivindicando apenas o selo ´Ponto de Cultura´. Dessa maneira, a rede vai sendo tecida de forma maior” afirmou Célio Turino, secretário de Programas e Projetos Culturais, coordenador do Programa Cultura Viva.

Os Pontos de Cultura, ação matriz do Programa Cultura Viva, são entidades da sociedade civil voltadas à cultura que recebem recursos para potencializarem seus trabalhos. “O Ponto de Cultura não é um espaço cultural feito pelo governo para as comunidades, mas, ao contrário, são ações desenvolvidas pela comunidade que ganham o reconhecimento do Estado e passam a receber aporte de recursos para aplicar conforme o plano de trabalho composto por eles”, explicou Célio Turino. O objetivo é valorizar as variadas manifestações culturais do país, reconhecendo a cultura em toda a sua complexidade, desde as que ocorrem nas grandes cidades, em favelas e periferias, às que se encontram em pequenos municípios, ou em aldeias indígenas, assentamentos rurais, comunidades quilombolas, universidades.

Cada Ponto de Cultura recebe R$ 185 mil em até 30 meses. Esse recurso é usado para potencializar suas ações. “Alguns investem mais em equipamento, outros em obras físicas, uma grande maioria em oficinas, em ações continuadas, e assim vamos compondo uma rede”, comemora Célio Turino.

Confira a lista dos dez últimos Pontos de Cultura conveniados:

1- Ponto de Cultura Rede Ação Cultural Gama, do Voar Arte para Infância e Juventude (Gama/DF)
2- Ponto de cultura Arte na Praça, da Prefeitura Municipal de Americana (Americana/SP)
3- Ponto de Cultura República do Cerrado, da Fundação de Apoio a Pesquisa – Funape (Goiânia/GO)
4- Ponto de Cultura Viva Yôga Brasil, da Unidade Água Espraiada (São Paulo/SP)
5- Ponto de Cultura Arte Para Todos, da Associação Sócio- Cultural Os Bem-Te-Vis (Ouro Branco/MG)
6- Ponto de CulturaAção Cultural Integrada, da Associação Comercial e Industrial de São Luiz Gonzaga (São Luiz Gonzaga/RS).
7- Ponto de Cultura Cultura e Cidadania, do Espaço Cultural da Paz de Teixeira de Freitas (Teixeira de Freitas/BA.)
8- Ponto de Cultura Se essa mídia fosse minha…, da Cia de Cultura (Florianópolis/SC).
9- Ponto de Cultura Uma Ilha se Olha, daAssociação das Entidades Usuárias do Canal Comunitária (Florianópolis/SC).
10- Ponto de Cultura Associação de Radiodifusão Comunitária de Rubiataba, de Caraíba Cidadã (Riubiataba/GO).

    Author: Redação

    Share This Post On