50° aniversário de Grande sertão

 

Guimarães Rosa.

 

Há 50 anos, a língua portuguesa era reinventada nas veredas sertanejas em um eloqüente discurso do vaqueiro Riobaldo. O ano de 2006, que poderia comemorar as bodas de ouro da paixão de Diadorim, é marcado pelas honras a Guimarães Rosa.

 

Conheça o enredo de Grande sertão: veredas

Grande sertão: veredas romance de Guimarães Rosa é a fala de Riobaldo, ex-jagunço, por três dias para um interlocutor culto da cidade sobre a sua trajetória na jagunçagem, até sua vida atual como fazendeiro.

A narrativa é motivada pela vontade de que o interlocutor avalie se Riobaldo fez ou não um pacto com o diabo. O narrador começa sua história quando ainda era jovem, afilhado de fazendeiro, e vai dar aulas no bando de Zé Bebelo, chefe de um bando armado contratado pelo governo para acabar com os grupos de jagunços do sertão. Nesse grupo, Riobaldo toma conhecimento da justiça própria do sertão.

Quando o narrador decide se afastar desse mundo, sente-se atraído por Diadorim, um membro do bando de Joca Ramiro, jagunço conhecido pela sua justiça. Na travessia do Planalto Central, Joca Ramiro é assassinado por Hermógenes, traidor de seu próprio grupo. A todo custo Diadorim quer vingar a morte de seu chefe. O grupo vai passando por uma freqüente troca de líderes. Durante todo esse tempo a atração de Riobaldo por Diadorim, um jagunço que esconde de todos ser mulher, só aumenta. No entanto, Riobaldo se divide entre outras duas mulheres: Nhorinhá, prostituta com quem manteve relações sexuais, e Otacília, moça de família, que conhece durante as viagens.

Fugidos dos soldados, o grupo de Riobaldo abriga-se na fazenda de sêo Habão, que quer todos os jagunços como escravos em sua lavoura. Então, Riobaldo decide fazer um pacto com o pai da mentira. Em seguida, torna-se chefe do bando. Na batalha final, para desespero de Riobaldo, Diadorim é morto, mas assassina Hermógenes. Só então, é revelada sua identidade feminina. No fim da história, Riobaldo casa-se com Otacília e torna-se fazendeiro.

Saiba mais aqui…

João Guimarães Rosa

    Author: Redação

    Share This Post On