Galo Preto

galo-pretoO conjunto Galo Preto existe desde 1975 completou 35 anos em 2010. Integram o grupo atualmente os seguintes músicos: Afonso Machado (bandolim) e José Maria Braga (flauta). Hoje, completam o time Bartolomeu Wiese (violão), Alexandre de la Peña (violão de sete cordas) e Diego Zangado (percussão), o caçula da turma.

 

Além de ser um dos mais antigos grupos de choro em atividade, o Galo sempre primou por um trabalho instrumental inovador, por isso, cada novo disco lançado desperta um interesse enorme no meio artístico-musical e é sempre muito elogiado pela crítica. O conjunto é hoje, com certeza, uma referência no cenário da moderna música instrumental brasileira.

 

O Galo é dono de um vasto currículo e já se apresentou ao lado dos maiores artistas da música brasileira, no Brasil e no exterior (Portugal, França, Suécia, México) tendo, além de suas apresentações, ministrado oficinas de choro, master classes e workshops. Entre os nomes que o grupo acompanhou estão Cartola, Elza Soares, Arthur Moreira Lima, Elton Medeiros, Nelson Cavaquinho, Paulinho da Viola, Nelson Sargento e Rafael Rabello.

 

Galo Preto. Livre. Teatro Sesi (350 lugares). Avenida Graça Aranha, 1, Centro, 2563-4163, a Cinelândia. Rio. Sexta (4), 12h30. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes.

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 19 =