Museu Casa de Rui Barbosa faz exposição sobre o carnaval antigo

O Museu  Casa de Rui Barbosa abriu a exposição É Carnaval na Casa Rui que reúne registros variados dos festejos de Momo no Rio de Janeiro e em outras localidades, de 1887 até 1999. Os documentos e fotos compõem o acervo da  Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB), vinculada ao Ministério da Cultura.

A proposta é mostrar o carnaval mais antigo até 1999, quando  o jurista Rui Barbosa foi homenageado no enredo da escola de samba São Clemente pelos 150 anos de seu nascimento. “Acho que é sempre interessante ver como os convites eram feitos, a importância dos bailes à fantasia, em contraposição ao carnaval contemporâneo, em que o destaque maior são os bailes na rua”, disse a chefe  do Arquivo da FCRB, Lúcia Maria Velloso.

Além de fotos dos festejos, cartas revelam como o carnaval afetava as famílias,  como as moças se mobilizavam pelas fantasias. “O objetivo, com essa exposição, é mostrar como a sociedade era há alguns anos. Tem essa curiosidade de como as famílias  se organizam, as moças na condição de folionas”, destacou Lúcia Velloso.

Ela explicou que a fundação trabalha com acervos privados e, por isso, há a possibilidade de  as pessoas se identificarem com os documentos expostos. “Ao ver um convite, a pessoa pode se lembrar de ter ouvido a avó comentar sobre o baile naquele lugar, as histórias de família, mesmo sendo  uma coisa de 1899, 1905, por exemplo. A gente se identifica, porque está mostrando a vida privada”.

Estão expostos  documentos do arquivo da Casa de Rui Barbosa, de coleção de famílias como a  Barbosa de Oliveira, além de coleções reunidas pelo advogado, professor e historiador Américo Jacobina Lacombe, nascido em 1909 e morto em 1993. Há também em exibição dois exemplares da Revista O Malho, de 1935, que pertencem ao acervo da biblioteca da FCRB.

A fundação apresentará três exposições por ano com a finalidade de divulgar o acervo e de  aproximar o cidadão desse material arquivado. “A gente tem feito exposições com o tema da cidade e do país e, agora, está aproveitando a comemoração dos 450 anos do Rio de Janeiro e o carnaval para divulgar imagens das festividades”, disse Lúcia Maria Velloso. Em maio, a instituição promoverá sempre uma mostra sobre a escravidão ou a abolição da escravatura. No final do ano, está programada uma exposição sobre o Rio antigo.

A exposição É Carnaval na Casa Rui ficará aberta ao público no Museu Casa de Rui Barbosa  até o dia 29 de março. O ingresso custa R$ 2 e menores de 10 anos e maiores de 65 anos não pagam. Aos domingos, a entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 32898671. O museu está localizado na Rua São Clemente, 134, em Botafogo, zona sul da capital fluminense.

 

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *