Museu Afro Brasil – Leilão

 

Numa terça-feira de agenda cheia em São Paulo para a área de artes plásticas, o leilão Arte Pró-Museu, promovido pelo Museu Afro Brasil, conseguiu reunir pouco mais de 120 pessoas no parque Ibirapuera anteontem. Das 142 obras postas em pregão, 68 foram vendidas, gerando uma renda total de R$ 480 mil em prol da instituição.

Os maiores valores foram atingidos por um óleo de Arcangelo Ianelli (vendido a R$ 42 mil) e por “Ponto Preto”, acrílica de Tomie Ohtake vendida a R$ 35 mil.

Segundo o diretor do museu, Emanoel Araujo, o dinheiro será usado principalmente para a reforma do prédio, que tem deficiências de estrutura. Além de marchands e galeristas, o leilão recebeu figuras do meio cultural, como o compositor Chico César e o editor Charles Cosac.

    Author: Redação

    Share This Post On