Bienal Internacional do Livro de Pernambuco

VII Bienal do LivroBienal Internacional do Livro de Pernambuco reunirá escritores do Brasil, América Latina e Europa Com o tema “Literatura do princípio ao fim”, a Bienal Internacional do Livro de Pernambuco chega a sua 7ª edição. Entre os dias 02 e 12 de outubro, o pavilhão de exposições do Centro de Convenções de Pernambuco, entre Recife e Olinda (PE), volta a ser palco das discussões e debates que fomentam a feira literária, considerada a 3ª maior do Brasil, atrás apenas do Rio e São Paulo. Entre os escritores que já confirmaram presença estão Pedro Juan Gutierrez (Cuba), Raimundo Carrero, Xixo Sá, Fernando Gabeira, Luis Costa Lima, Marçal Aquino, Itala Vivan (Itália), Alberto Fuguet (Chile) e Federico Andahazi (Argentina).

 

Neste ano, a Bienal homenageia o Rio Grande do Sul. Em 11 dias de feira, a expectativa é superar os números das últimas edições e congregar um público acima dos 550 mil registrados na bienal passada. Com curadoria do jornalista e escritor Homero Fonseca e do poeta, tradutor e ensaísta Delmo Montenegro, a programação promete oficinas literárias, apresentações teatrais, interpretação textual, palestras, debates, entrevistas e bate-papos acerca das produções literárias.

O grande objetivo da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco é fazer uma grande celebração em torno de um produto nobre como é o livro, que sempre agrega valor e estimula a capacidade criativa das pessoas. Por isso, existe uma preocupação da organização em sempre abrir espaço para editoras ainda de pouca visibilidade, possibilitando uma maior diversidade na oferta de títulos. A idéia é apresentar livros que não são achados na maioria das livrarias. E sempre com o cuidado de viabilizar estas ofertas com preços acessíveis. Autores confirmados até o momento Alberto Fuguet Fuguet é escritor, jornalista e cineasta, tendo sido eleito em 1999 pela revista Time e pela CNN como um dos 50 líderes latino-americanos do novo milênio. Por ter passado muito tempo nos EUA, é também chamado de “o mais norte-americano dos escritores latino-americanos”. No Brasil, teve publicados livros como Baixo Astral (2001) e Os Filmes de Minha Vida (2005). Federico Andahazi Federico Andahazi ganhou destaque com o romance O Anatomista (1997), baseado na vida do médico renascentista Mateo Realdo Colombo. O livro mistura ficção e fatos históricos tendo como pano de fundo a descoberta de uma parte da anatomia – e da alma – feminina totalmente desconhecida até o Renascimento – o Amor veneris, ou, como é mais conhecido hoje, o clitóris. Itala Vivan Professora da Universidade de Milão, atua também como tradutora e faz assessoria de grandes editoras italianas, tendo colaborado com a tradução de publicações de autores do terceiro mundo na Itália.

Especializada em Literatura Comparada, com interesse nas culturas de antigas colônias européias na África e nas Américas, é autora, entre outras obras, de Caccia alle streghe nell’America Puritana (Caça às Bruxas na América Puritana), Interpreti rituali Il romanzo dell’Africa Nera (Intérpretes do Ritual: O Romance da África Negra) e de numerosos estudos sobre literatura e sociedade no pós-colonialismo. Salim Miguel Nascido no Líbano em 1924, Salim Miguel chegou ao Brasil ainda criança e entregou-se à literatura por volta dos 10 anos de idade. Formado em jornalismo, é autor de mais de 30 livros entre romances, contos, crônicas, críticas e depoimentos. Destes, destacam-se “Nur na escuridão” e “A voz submersa”, ambos editados pela Record. O escritor já ganhou os prêmios Zaffary-Bourbon de literatura, em 1999-2001, que é concedido ao melhor romance de língua portuguesa, instituído pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo (RS), e o prêmio Juca Pato, conferido pela União Brasileira de Escritores (UBE) com o apoio do jornal Folha de São Paulo, em 2002.

Xico Sá O cearense Xico Sá – que foi criado no Recife e hoje vive em São Paulo – é jornalista e escritor. Autor de Modos de macho & Modinhas de fêmea, Divina comédia da fama, Paixão Roxa, Se um cão vadio aos pés de uma mulher-abismo e Do Catecismo de devoções, intimidades & pornografias, entre outros.

Na música, foi baterista do grupo Anjos de Klee (Recife) e tem várias parcerias com a banda Mundo Livre S/A. Marcelino Freire Marcelino Freire é autor de EraOdito, Angu de Sangue e BaléRalé, todos publicados pela Ateliê Editorial. Em 2002, idealizou e editou a Coleção 5 Minutinhos, inaugurando com ela o selo eraOdito editOra. É um dos editores da PS:SP, revista de prosa lançada em maio de 2003, e um dos contistas em destaque nas antologias Geração 90 (2001) e Os Transgressores (2003), publicadas pela Boitempo Editorial. Luiz Augusto Fischer O gaúcho Luiz Augusto Fischer é autor de nove livros e crítico literário. Mestre e doutor em Letras, leciona literatura brasileira desde 1984 na UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), onde também deu aulas de português e redação. Geneton Moraes Neto Geneton Moraes Neto (Recife, 1956) é um jornalista e escritor brasileiro. Trabalha na Rede Globo desde 1985, atuando como repórter e editor-chefe do programa dominical Fantástico. Publicou Hitler/Stalin: O Pacto Maldito, Nitroglicerina Pura, O Dossiê Drummond, Dossiê Brasil, Dossiê 50: Os Onze Jogadores Revelam os Segredos da maior Tragédia do Futebol Brasileiro, Dossiê Moscou e Dossiê Brasília. Fernando Gabeira Ao lado de Geneton Moraes, o deputado Fernando Gabeira estará participando da mesa “Passando a limpo essa História”, sobre fatos nos quais ele teve presença ativa, como os 40 anos do sequestro do embaixador americano Charles Burke Elbrich e os 30 da anistia no Brasil, além de eventos internacionais como os 20 anos da queda do Muro de Berlim. Daniel Galera Daniel Galera (São Paulo, 1979) é escritor e tradutor literário, sendo um dos precursores do uso da internet para a literatura, editando e publicando textos em portais e fanzines eletrônicos entre 1997 e 2001. Já traduziu 13 livros e publicou outros quatro, sendo agraciado com o Prêmio Machado de Assis de Romance, concedido pela Fundação Biblioteca Nacional em 2008. Marçal Aquino Trabalhou como revisor, repórter e redator nos jornais O Estado de S.Paulo e Jornal da Tarde. Atualmente, trabalha como jornalista free-lancer e contribuiu recentemente para a revista Época São Paulo. Escreve ficção adulta e juvenil, faz roteiros para o cinema, tendo atuado como consultor no IV Laboratório de Roteiros Sundance/RioFilme, a convite do Sundance Institute, dos E.U.A., em 2002. Maria Esther Maciel A poeta, ensaísta e professora de Literatura da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, Maria Esther Maciel, é mestre em Literatura e doutora em Literatura Comparada pela UFMG, com pós-doutorado em Literatura Comparada pela University of London. Escreveu diversos livros de poesia e novelas, sendo agraciada com diversos prêmios. Eduardo Shinyashiki Eduardo Shinyashiki é consultor, palestrante e diretor da Sociedade Cre Ser. Autor do livro Viva Como Você quer Viver, da Editora Gente. Eduardo é consultor, escritor e palestrante. Sérgio Vaz Sérgio Vaz é um poeta oriundo da periferia de São Paulo. Coordenador do movimento literário Cooperifa, promove saraus de poesia e sessões de cinema. Sacolinha Sacolinha é ativista cultural e integrante da Cooperifa. Faz palestras sobre literatura e questão racial e promove freqüentemente eventos literários. Frederico Barbosa Poeta pernambucano, cursou Física pela USP e é formado em Letras/Português. Foi crítico literário no Jornal da Tarde e na Folha de São Paulo, sendo consultor técnico de outros periódicos. Publicou os livros Rarefato, Nada feito nada, 5 Séculos de Poesia – Antologia da Poesia Clássica Brasileira, Louco no Oco sem Beiras – Anatomia da Depressão, Na Virada do Século – Poesia de Invenção no Brasil e Cantar de amor entre os escombros. Paulo Scott Paulo Scott é um escritor gaúcho radicado no Rio de Janeiro desde 2008. Colunista do Portal de Literatura e Arte Cronópios e da revista eletrônica Terra Magazine, publicou romances, contos, poesias e peças teatrais. Alberto Mussa Alberto Mussa é um escritor brasileiro que procura renovar a arte do conto, promovendo a fusão entre a tradição narrativa ocidental e os relatos mitológicos de outras culturas, como a afro-brasileira, a da Arábia pré-islâmica e a do Brasil indígena.

Sua obra pode também ser considerada uma tentativa de integrar a diversidade do saber humano num sistema coerente cujo fundamento é a literatura. Francisco Cajazeiras O Dr. Francisco Cajazeiras (Ceará, 1954) é fundador e atual presidente do Instituto de Cultura Espírita do Ceará. Participou de diversos livros que abordam o espiritismo, como Bioética – Uma Contribuição Espírita e Palavras de Vianna de Carvalho. Eglê Malheiros Co-fundadora e editora da Revista FICÇÃO, Eglê Malheiros é autora de obras infanto-juvenis e foi diretora da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Também é reconhecida pela publicação de diversos poemas e contos, e por inúmeras traduções de obras literárias e técnicas do inglês, francês, alemão, espanhol e italiano. Com o marido, o também escritor Salim Miguel, Eglê escreveu o roteiro de “O Preço da Ilusão”, primeiro longa-metragem realizado em Santa Catarina. Serviço Local: Centro de Convenções de Pernambuco Data: 2 a 12 de outubro Curador: Homero Fonseca (81) 92988329 homerofonseca2010@gmail.com Mais informações Timbro Comunicação 11-32534542 11-84150262

    Author: Redação

    Share This Post On