Arca das Letras


 

Levar conhecimento às comunidades rurais, incentivando a leitura. Essa é a proposta do programa Arca das Letras, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário. As arcas são bibliotecas com cerca de 230 livros de literatura e de pesquisa nas áreas de educação, meio ambiente, saúde, agricultura e cidadania. Em junho, 192 novas bibliotecas serão entregues nos estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Maranhão e Piauí.

Desde que foi criado em 2003, o programa Arca das Letras já levou 1,8 mil bibliotecas a comunidades rurais de 18 estados brasileiros. A coordenadora do projeto, Cleide Soares, lembra que o hábito da leitura é pouco comum em muitos locais do país. Os moradores enfrentam dificuldade para fazer pesquisas, estudar ou contar histórias.

“Com o programa, as comunidades passam a ter um estímulo maior para o estudo porque agora tem uma biblioteca com livros de qualidade pertinho da sua casa, o que facilita a pesquisa escolar, estimulando os processos educacionais no campo”, afirma Soares.

Segundo ela, a comunidade é quem decide os assuntos que vão compor o acervo, o local onde a biblioteca será instalada e também indicam o agente de leitura – voluntário que atua no empréstimo dos livros e nas ações de estímulo à leitura. Atualmente, existem mais de 3 mil agentes de leitura.

Além da capacitação dos agentes, o programa Arca das Letras distribuiu 554 mil livros, beneficiando 183 mil famílias. Para obter mais informações sobre o projeto, é preciso entrar em contato com o Ministério do Desenvolvimento Agrário pelo telefone 0800 72 87 000 ou ainda pelo correio eletrônico arcadasletras@mda.gov.br.

 

 

 

    Author: Redação

    Share This Post On