Virada Cultural Paulista 2017

Virada-Cultura-Paulista-800x445

Vinte e duas cidades participam da Virada Cultural Paulista 2017, que este ano acontece em quatro finais de semana consecutivos: 20 e 21 de maio em Araraquara, Bauru, Ilha Solteira, Limeira, Mogi das Cruzes e Santa Bárbara D’Oeste, além da Virada Cultural da Capital, que terá apoio da VCP este ano. Já nos dias 27 e 28, a Virada chega a Botucatu, Piracicaba, Marília, Ribeirão Preto, Votuporanga, Santos e Itapetininga; e o encerramento será em 3 e 4 de junho nas cidades de Taubaté e Sorocaba. Guarulhos e Itapetininga participam do evento pela primeira vez.

 

Já estão confirmados na programação principal artistas de peso no cenário nacional. Daniela Mercury participa da Virada pela primeira vez e Lenine retorna à programação. O rock está garantido com NX Zero e Fresno, inclusive com as vertentes mais pesadas, trazidas pelo Ratos do Porão, além da Jovem Guarda representada por Erasmo Carlos. Da MPB, já confirmaram participação Arnaldo Antunes, Marina Lima, Kleyton e Kledir, enquanto Emicida e Projota representam o hip hop nacional. Nomes como Alcione e Exaltasamba garantem a participação do ritmo tipicamente brasileiro na programação da Virada. A programação completa está em www.viradaculturalpaulista.org.br

 

A Virada 2017 terá maior participação da música sertaneja, que sempre esteve presente por meio das vertentes caipiras mais tradicionais e agora abre espaço para artistas da nova cena, como as duplas Léo e Junior, Hugo e Tiago, além de Cezar e Paulinho. A maior presença do sertanejo na programação atende a uma demanda das cidades e também reflete o gosto da população paulista.

 

De acordo com o secretário de Estado da Cultura, José Luiz Penna, a edição de 2017 terá novidades. “A Virada Cultural Paulista terá, neste ano, a diversificação de linguagens artísticas no palco principal. Em algumas cidades, blocos de carnaval farão desfiles para atrair o público das ruas próximas para o palco externo do evento; em outras, a programação do dia começará com set lists preparadas especialmente por DJs para esquentar o público”.

 

Ainda, segundo Penna, “serão realizados no palco externo shows de stand up comedy e apresentações de artes cênicas, que ocorrerão também nos palcos internos dos teatros e casas de espetáculos municipais. A Virada Cultural Paulista está cada vez mais diversificada e falando a linguagem de todos”, finaliza o secretário.  Entre as novidades: a capital volta a receber atrações da Virada Cultural Paulista depois de muitos anos.

 

Além da presença de artistas locais no palco principal em todas as cidades, algumas delas fazem ainda programações paralelas, reforçando na Virada o espaço de visibilidade para quem faz cultura nos municípios ao longo do ano.

A programação da Virada também ganha reforço com atrações do SESC-SP nos municípios onde mantém unidades.

 

Realizadores

A Virada Cultural Paulista é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, que investe na programação artística principal. Os municípios são correalizadores, ficando responsáveis pela montagem da infraestrutura de palco, som, segurança e limpeza, além de reforço à programação artística. Pela primeira vez, a Virada terá apoio do Ministério da Cultura, por meio do Fundo Nacional de Cultura e da Lei Rouanet. Além do SESC-SP, também apoia o evento o festival Risadaria, que contribui com a participação dos artistas de stand up comedy.

 

Histórico

Criada em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, a Virada Cultural Paulista tornou-se o mais relevante evento cultural do interior e litoral paulistas, com a proposta de promover um grande festival gratuito e simultâneo em cidades de médio e grande porte. Desde o princípio, a Virada tem buscado proporcionar ao público o acesso às melhores produções artísticas do País, nas mais variadas linguagens: música, dança, circo, artes cênicas, arte para crianças, dentre outras.

 

No ano passado, a Virada aconteceu em 22 cidades, com a presença de mais de 900 mil pessoas.

 

Calendário e programação

Confira as cidades participantes e as principais atrações confirmadas:

 

 

20 E 21 DE MAIO

ARARAQUARA – Lurdez da Luz, Fresno, Leandro Léo, Léo e Junior

BAURU – Mariana Nolasco, Léo e Junior, Maglore, Daniela Mercury

ILHA SOLTEIRA – Leandro Léo, Tiê, Liniker

LIMEIRA – Caju e Castanha, Tulipa e Jeneci, As Bahias e a Cozinha Mineira, Lenine

MOGI DAS CRUZES – Filipe Ret, Daniela Mercury, Xaxado Novo, Arnaldo Antunes

SANTA BÁRBARA D’OESTE – Rael, Lenine, A Banda Mais Bonita da Cidade, Marina Lima

SÃO PAULO – Liniker e Alcione

 

27 E 28 DE MAIO

BOTUCATU – Paula Lima, Rael, Negritude Jr., Hugo e Tiago

PIRACICABA – Rashid, Mariana Aydar, Cezar e Paulinho

MARÍLIA – Negritude Jr., Hugo e Tiago, Far From Alaska, Rael

RIBEIRÃO PRETO – Ratos de Porão, Erasmo Carlos, Rubel, Exaltasamba

VOTUPORANGA – Trio Virgulino, Cezar e Paulinho, Strike, Projota

SANTOS – Tiê, Marina Lima, As Bahias e a Cozinha Mineira, Alcione

ITAPETININGA – Thaíde, NX Zero, Paula Lima, Arnaldo Antunes

 

3 E 4 DE JUNHO

TAUBATÉ – Mariana Nolasco, Marina Lima, Supercombo, Emicida

SOROCABA – Alice Caymmi, Emicida, Angela Maria, Demônios da Garoa

    Author: Brasil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *