Virada Cultura 2012 divulga as atrações

Evento ocorrerá, no centro de São Paulo, nos dias 5 e 6 de maio, das 18h do sábado até às 18h do domingo; serão mais de 900 atrações; Gilberto Gil, Titãs, Os Mutantes estão entre os dastaques musicais; teatros ficarão abertos 24h e haverá um palco dedicado à gastronomia

Pelo oitavo ano consecutivo, São Paulo abrigará durante 24 horas ininterruptas centenas de manifestações culturais promovidas pela Virada Cultural. Nos dias 5 e 6 de maio – das 18h do sábado até às 18h do domingo -, shows, saraus, apresentações teatrais e até gastronomia ocuparão o centro da cidade e adjacências.

Serão, ao todo, mais de 900 atrações distribuídas em 114 locais, sendo que 50 pontos estarão no centro da cidade. Além das programações em lugares fixos, haverá – como em todos as edições – artistas que transitam por toda a extensão do evento.

Entre os destaques da Virada estão Gilberto Gil, Titãs, Os Mutantes, Arnaldo Baptista, Bixiga 70, Cauby Peixoto, Lou Donaldson e Roy Ayres. Entre as novidades desta edição está o “Chefs na Rua”. Renomados chefs de cozinha estarão, no Minhocão, oferecendo pratos entre R$ 5,00 e R$ 15,00. O destaque dessa atração é Alex Atala, proprietário dos restaurantes D.O.M. e Dalva e Dito. Atala, aliás, irá preparar a famosa galinhada oferecida, durante a madrugada, no restaurante Dalva e Dito.

A Virada Cultural entrou na onda do afrobeat e o palco da música negra – montado em frente à Estação Julio Prestes – será dedicado ao estilo criado pelo nigeriano Fela Kuti. Tony Allen – baterista da banda de Fela – será uma das atrações. Também passarão a big band paulistana Bixiga 70, Orquestra Jazz Sinfônica, Ebo Taylor e Gilberto Gil, que se apresentará no domingo às 18h.

Haverá, também, uma homenagem à Elis Regina. No palco Boulevar São João, dezenas de artistas interpretarão músicas que consagraram a cantora, morta há exatos 30 anos. Outra boa notícia é que o Theatro Municipal – fora das Viradas 2010 e 2011 – integrará o evento. Leci Brandão, Badi Assad, Balé Teatro Castro Alves e Zezé Motta são alguns dos nomes que passarão por lá. As entradas serão distribuídas previamente.

O palco de stand-up comedy, montado em frente à Catedral da Sé, continua nesta edição e receberá números de Danilo Gentili, Rafael Cortez e outros nomes. Em frente à famosa casa noturna Love Story será montado o palco Cabaré, que reunirá artistas como Rita Cadillac, Gretchen e a transexual cubana Phedra de Córdoba. O SESC continua parceiro do evento e neste ano as atividades ocorrerão em 13 unidades, dentre elas a da Consolação, da Vila Mariana e o CineSesc.

A Virada também manteve a parceria com a Secretaria de Estado da Cultura e os museus mantidos pela Secretaria funcionarão com horário expandido, entrada grátis e atividades culturais diversas. Dentre eles, estão o Museu da Língua Portuguesa e o Museu do Futebol. A Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) e a Jazz Sinfônica também participam da programação.

O evento é realizado pela prefeitura de São Paulo, que disponibilizará, em pontos estratégicos, totens de sinalização, 38 ambulâncias, 15 UTIs móveis, quarto postos médicos, 250 brigadistas, 900 seguranças particulares e centenas de homens da Polícia Militar e Guarda Civil Metropolitana.

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *