VII Festa do Fandango Caiçara de Paranaguá

fandangoparanagua

A VII Festa do Fandango Caiçara de Paranaguá vem se consolidando como um espaço de discussão, intercâmbio e práticas relacionadas ao fandango e todo seu universo cultural.

Reconhecido como patrimônio cultural brasileiro, o fandango caiçara mantém sua dinâmica viva por conta destes espaços de circulação e trocas, tão caros a essa manifestação.

A Festa é uma ótima oportunidade para fortalecermos essa expressão, nos aproximarmos de grupos e mestres, conhecer a diversidade que compõem o fandango e ainda dançar a noite toda.

 

Realização: Núcleo de Criação E-Paraná

Coordenador do Núcleo: José de Melo

Coordenadora de Operação: Paula Rodrigues

 

Música: Fandango do Paraná

Compositores: Cláudio Ribeiro e Homero Reboli

Intérprete: Eliane Bastos

Roteiro: Cláudio Ribeiro

Pesquisa de Imagens: Erik Tavernaro

Locução: Gabriela Brandalise

Edição: Rodrigo Ribeiro/ Angelo Gulart

 

Projeto Artesanias Caiçaras divulga suas ações durante a VII Festa do Fandango Caiçara de Paranaguá ::

A construção de instrumentos tem se mostrado como ação central na salvaguarda do fandango caiçara, e como toda prática realizada nesse sentido, a luteria tradicional não diz respeito apenas a técnicas construtivas, mas a todo o universo cultural que a permeia. Assim, a luteria, bem como o fandango, não dissocia-se do ambiente e do território em que ela é produzida. O acesso aos recursos naturais, madeireiros ou não, também constitui os modos de fazer fandango, em toda sua complexidade, envolvendo a permanência dos grupos no que diz respeito a aquisição e manutenção dos instrumentos musicais. A programação da VII Festa do Fandango Caiçara de Paranaguá traz estes e outros temas que tocam em ações e no Plano de Salvaguarda, desta forma de expressão, registrada como patrimônio imaterial brasileiro no ano de 2012.

A festa será realizada de 19 a 21 de agosto, na Praça Ciro Abalém, na Ilha dos Valadares, reduto tradicional dos fandangueiros de Paranaguá e é resultado da articulação do Comitê Provisório de Salvaguarda do Fandango Caiçara, com representantes do poder público municipal, estadual e federal. Neste âmbito, conta com o do apoio do Instituto do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), através da Superintendência do Paraná, além do Programa Mais Cultura, por meio de projeto realizado com a Universidade Federal do Paraná. A AssociaçãoMandicuera de Cultura Popular, organização que há doze anos desenvolve projetos e ações em prol da cultura local, e que deu início às primeiras edições da festa, estará presente no evento com a programação Pixilhão realizada na sede da instituição, e um stand do projeto Artesanias Caiçaras, que vem sendo executado pela entidade.

Para mais informações sobre o evento, segue a programação.

 

 

ari

O fandango do litoral paranaense é uma das manifestações folclóricas mais antigas do Brasil. Tem sua origem na Espanha e chegou ao litoral com os primeiros casais de colonos açorianos por volta de 1750.

Com muita influência espanhola, passou a ser batido principalmente durante o entrudo (antiga celebração do que hoje se conhece como Carnaval). Em quatro dias, a população não fazia outra coisa senão bater o fandango e comer barreado.

 

De origem espanhola (e também com influencias portuguesas), o Fandango é uma dança trazida pelos imigrantes que no passado se espalharam pelo litoral. Para recordar a pátria distante e matar as saudades, eles dançavam em grandes mutirões festivos.

 

E assim, em uma fusão de cultura, surgiu o fandango que ganhou os compassos dos índios e dos “caiçaras”, fazendo nascer uma manifestação folclórica diferente incluindo ainda instrumentos como a rabeca, o adufo e a viola.

 

Três séculos se passaram e nesse correr dos anos, o fandango tornou-se uma dança típica com coreografia e música.

 

SERVIÇO:

19, 20, 21 de agosto de 2016

Praça Ciro Abalém- Ilha Dos Valadares

    Author: Braisil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *