Turismo capacita 5 mil pessoas no Rio de Janeiro

05_07_RIO

Os milhares de visitantes que estiverem no Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos receberão um atendimento mais qualificado de barracas de praia, ambulantes profissionais, receptivo de hostels/albergues e guardas municipais. Resultado da plataforma on-line “Braços Abertos”, do Ministério do Turismo, em parceria com a RioTur, que capacita mais de cinco mil profissionais das respectivas áreas.

“Esse trabalho de qualificação dos profissionais que lidam diretamente com o visitante nacional e internacional reflete na melhoria do serviço prestado e no aumento da competitividade do Brasil como destino. O país mostra que vem se preparando para receber cada vez melhor e atender as expectativas de nossos turistas. Esse será um legado marcante para o setor uma vez que deixará milhares de profissionais preparados para agir em grandes eventos”, acredita o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.

Entre os módulos oferecidos nos cursos estão noções de inglês, dicas de etiqueta profissional, a importância do respeito às diferentes culturas, como vender melhor e surpreender o cliente. Os conteúdos são didáticos e usam recursos como vídeos e apresentações.

“Trata-se de uma excelente oportunidade para profissionais que atuam diretamente no contato com o turista, não só pela chance de se aprimorarem com o objetivo de oferecer um serviço melhor durante os jogos, mas por obterem uma certificação que pode fazer a diferença em seus currículos no futuro. O profissional que busca atualização e aperfeiçoamento é sempre visto como diferenciado no mercado de trabalho”, afirma o secretário de Turismo do Rio, Antonio Pedro Figueira de Mello.

DEPOIMENTOS – Eliza Marques, proprietária de um food truck, especializado em hambúrgueres artesanais, já fez o curso oferecido pelo Ministério do Turismo e diz que o conteúdo a ajudou a aprimorar o atendimento aos clientes. “O curso ajuda a abrir a cabeça dos alunos para questões que vão além do cotidiano, como conhecer melhor a cidade que estamos até para saber informar os turistas”, diz.

Já o guarda municipal Rodrigo Chagas diz que a capacitação o fez sentir-se preparado para atender os visitantes. “É a primeira vez que faço uma aula que une o turismo com a prática do meu trabalho. Além de incrementar o meu currículo, passei a ter uma noção básica do inglês. Agora, me sinto preparado caso precise auxiliar um estrangeiro”, afirmou.

Rosângela Guedes Pereira trabalha há 30 anos na praia de Ipanema, com aluguel de barracas e cadeiras de praia, além de vender bebidas e lanches. Ela já completou o curso e conta que repassou o conhecimento aos colegas de equipe. “Eu falei para eles sobre a importância de conservar melhor as cadeiras e entrega-las sempre limpas aos clientes”, relata. “É sempre importante aprender. O que mais gostei no curso foi a parte de inglês, para a gente lidar melhor com os turistas estrangeiros. Também aprendi a organizar o estoque de um jeito mais eficiente”, acrescenta Rosângela.

CURSO – O prazo das inscrições para os profissionais do turismo interessados em participar da qualificação com foco nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 foi prorrogado até 24 de julho.  O treinamento se estende às cidades que sediarão os jogos olímpicos de futebol – Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Manaus (AM), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

Interessados podem se cadastrar e acessar a plataforma em computadores, smartphones ou tablets. Basta acessar o endereço eletrônico bracosabertos.turismo.gov.br.  Para participar é necessário ser maior de 18 anos, ter cursado até o 6º ano do ensino fundamental e trabalhar obrigatoriamente no setor turístico.

O curso, gratuito, é dividido em módulos e tem conteúdo lúdico, com uso de jogos para facilitar o aprendizado. Para atender a usuários que não disponham dos aparelhos eletrônicos, foram montadas duas centrais de apoio, uma na Zona Sul e outra na Zona Oeste (Barra da Tijuca), com equipamentos que dão acesso à internet. Também foram criados nove pontos de internet Wi-Fi para pessoas que têm os aparelhos, porém, sem pacote de dados.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *