SIDNEY MATTOS CONVIDA BIA BEDRAN

 sidnei                                                         O músico, cantor, compositor e arte-educador Sidney Mattos faz, dia 06 de Junho, sábado, às 21h 30m no Café Palácio – Rua Buarque de Macedo, 87 – Catete, mais uma apresentação em comemoração aos 40 anos de atividades artísticas.

Devido ao sucesso e atendendo a pedidos, repete o show com a convidada especial, a violonista, cantora, compositora, atriz e contadora de histórias Bia Bedran. Um encontro memorável.

 

Sidney e Bia contam com a companhia do baixista André Dantas e do baterista Elly Werneck.

 

Sidney.. começou a aprender piano aos oito anos de idade. Foi aluno de Oscar Santos e fez aprofundamento da técnica de violão nas escolas Brower, Cáceres e Villa-Lobos. Entre 1970 e 1973 fez a Direção Musical de Gonzaguinha e Ivan Lins. Participou em gravações de Elis Regina, Jorge Benjor, Evinha, entre outros.

Atuou em diversos países da Europa. Acompanhou a pianista Tânia Maria em turnê pela Suíça e participou de programas na “Antenne 1”. Fez a Direção Musical da dupla “Les Étoiles” no OLYMPIA de Paris. Nesse período participou também do grupo “Embryo” em Munique e fez pesquisa de campo nos seguintes países: Alemanha, Áustria, Iugoslávia, Grécia, Turquia, Irã, Paquistão, Afeganistão Índia, Nepal e Inglaterra…

No Brasil teve o privilégio de dividir o palco com Cartola, Geraldo Azevedo, Barrosinho, Nivaldo Ornelas, Pascoal Meirelles, Marisa Gata Mansa, Jards Macalé, Maria Alcina, Bia Bedran, Codó entre outros. Trabalhou na trilha sonora de programas na TV Educativa do Rio de Janeiro: “República dos bichos”, “Bienal da música contemporânea” e no especial “Os músicos”. Sidney tem cerca de duzentas composições gravadas tendo lançado oito CD..s autorais, três Infantis além dos três Instrumentais.

Musicoterapeuta formado pelo Conservatório Brasileiro de Música é, há quinze anos, responsável pela Direção Musical do NEAE / Núcleo Experimental de Arte-Educação. Mais informações (currículo, shows, CD’s, etc…) no site: www.dicionariompb.com.br ..

DISCOGRAFIA

NATIVA – Instrumental 1988
DESAFIO – Autoral 1998
VITAL – Instrumental 1998
CALEIDOSCÓPIO – Autoral 1999
CANTAR CANTAR – Infantil 2000
A VOZ DA NOITE – Autoral 2000
PARCERIAS 70 – Autoral 2001
PARCERIAS 80 – Autoral 2001
CANTOS DO BRASIL – Infantil 2001
SOLO 1 – Autoral 2002
SOLO 2 – Autoral 2002
A MINHA CANOA – Autoral 2003
REFLEXOS – Instrumental 2003
BOAS NOVAS – Autoral 2004
ELEMENTAR – Infantil 2005
AUTO DE NATAL – Infantil 2006
EU SOU ASSIM – Autoral 2007
INTERFACES ao vivo – Instrumental 2008
NUANÇAS – Instrumental 2009
RECEITA DE VIDA – Infantil 2009

    Author: Redação

    Share This Post On