Roda de Choro e Samba

sambachoroO Cimples Ócio em Curitiba abre suas portas para contar e mostrar, com a participação especial de Humberto Araujo/RJ em homenagem a dupla Zé da Velha e Silvério Pontes, o Samba e o Choro. No mundo da musica brasileira há mais de 70 gêneros musicais com seus regionalismos e particularidades. Há Gêneros se confundindo com danças, com festas religiosas, etc. A Música do Brasil reflete a diversificada cultura da nação. Alguns dos gêneros musicais populares de origem brasileira mais conhecidos são principalmente:  o Samba, e o Choro.

O samba é caracterizado por uma seção de ritmo contendo a marcação, geralmente surdo ou tantan, o `coração do samba’; e seu núcleo mais importante é geralmente reconhecido como cavaco e pandeiro. O cavaquinho é a conexão entre a secção de harmonia e a secção de ritmo, e costuma ser reconhecido como um dos instrumentos harmônicos mais percussivos existentes; sua presença, via de regra, diferencia o verdadeiro samba de variações mais suaves como a Bossa Nova (embora haja algumas gravações de samba que não usem o cavaco, e.g. de Chico Buarque). O pandeiro é o instrumento percussivo mais presente, aquele cuja batida é a mais completa. Um violão está sempre presente, e a maneira de tocar violão no samba popularizou o violão de 7 cordas, por causa das sofisticadas linhas de contraponto utilizadas no gênero nas cordas mais graves. As letras falam basicamente de qualquer coisa, já que o samba é o ritmo nacional brasileiro.

O Choro, popularmente chamado de chorinho, é um gênero musical, uma música popular e instrumental brasileira, com mais de 130 anos de existência. Os conjuntos que o executam são chamados de regionais e os músicos, compositores ou instrumentistas, são chamados de chorões. Apesar do nome, o gênero é em geral de ritmo agitado e alegre, caracterizado pelo virtuosismo e improviso dos participantes, que precisam ter muito estudo e técnica, ou pleno domínio de seu instrumento. O choro é considerado a primeira música popular urbana típica do Brasil e difícil de ser executado.  O conjunto regional é geralmente formado por um ou mais instrumentos de solo, como flauta, bandolim e cavaquinho, que executam a melodia, o cavaquinho faz o centro do ritmo e um ou mais violões e o violão de 7 cordas formam a base do conjunto, além do pandeiro como marcador de ritmo.

Neste sábado, dia 16 de Abril, tem Roda de Samba e Choro + vídeos históricos dos dois gêneros no Cimples Ócio.

 

Participação especial de Humberto Araujo/RJ.

 

Homenagem a dupla Zé da Velha e Silvério Pontes (RJ).

 

– 25 anos de música – a menor big band do mundo, que estarão presentes.

 

sambas, choros, maxixes.

 

Ingressos R$ 15,00 – estudantes R$ 10,00

 

VENHA COMEMORAR a boa música.

 

Rua Miguel Jorge Nasser, 206 – Tingui – Curitiba PR

 

Cimples.ocio@gmail.com   / 041 3209-8802 / 9931-7820

Humberto Araujo:

 

Zé Da Velha e Silvério Pontes:

 

Luquinha – cavaquinho – dia 16/04

– Cimples Ócio

Rua Miguel Jorge Nasser, 206 – Bacacheri/Tingui – Curitiba – Paraná

Tel: 041 3209-8802 / 9931-7820

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *