Rita Lee e Claudia Leitte estão entre contemplados pela Lei Rouanet

O Ministério da Cultura (MinC) divulgou a primeira lista de projetos  culturais que estão autorizados a captar recursos de acordo com a Lei Rouanet  (8.313/91). Entre os contemplados após a primeira reunião do ano da Comissão  Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), estão artistas famosos, como Rita Lee e  Claudia Leitte.

Estar na lista de projetos aprovados pelo MinC não  significa que os projetos ganharão patrocínio para a sua realização – eles podem  buscar incentivos em troca de abatimento de impostos. Entenda como funciona a Lei Rouanet.

A roqueira Rita Lee, após anunciar aposentadoria em 2012 e voltar à ativa,  terá incentivo de pouco mais de R$ 1,8 milhão para fazer shows e gravar um DVD.
O ex-vocalista da banda Engenheiros do Hawaii, Humberto Gessinger, terá pouco  mais de R$ 1 milhão para gravar um DVD em comemoração aos 50 anos de vida. O  grupo Detonautas também foi aprovado: o projeto enviado pela banda previa  incentivo de R$ 1,08 milhão. A cantora Claudia Leitte recebeu a autorização de  maior valor: R$ 5,8 milhões para a realização de shows.

Não só movimentos musicais foram aprovados. Também  recebem incentivo projetos de artes cênicas e visuais, audiovisual, humanidades  e valorização do patrimônio cultural, como a segunda etapa de restauro da  Catedral Metropolitana de Vitória (ES), o 23º Festival de Inverno da UFPR, a  exposição “Memórias Femininas da construção de Brasília”, e a publicação do
livro “Aeroporto Santos Dumont – História e Patrimônio Arquitetônico”. A lista
completa de projetos aprovados pode ser consultada no site do MinC .

Os integrantes da CNIC se reuniram nos dias 29, 30 e  31/01, e 1º/02, em Brasília, e voltam a se encontrar para analisar mais projetos  em março deste ano. O calendário de reuniões
também está disponível no site do Minc.

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 6 =