Renda renascença da Paraíba é destaque na São Paulo Fashion Week

Cerca de 20 rendeiras do Cariri paraibano assistidas pelo Programa de Artesanato da Paraíba (PAP) estão desenvolvendo peças exclusivas para a Coleção de Inverno 2016 da estilista paulista Fernanda Yamamoto. O trabalho será lançado na São Paulo Fashion Week, em novembro deste ano.

Esta semana, Fernanda Yamamoto esteve pela quarta vez na Paraíba para conversar com as rendeiras e ver as novas encomendas. Ela falou sobre o motivo de sua escolha pela renascença paraibana: “A renda renascença da Paraíba não é tão conhecida como de outros estados como Alagoas e Pernambuco, por exemplo. Mas é de uma qualidade maravilhosa”, elogiou.

A estilista também lembrou como aconteceu essa aproximação com o trabalho das artesãs paraibanas. “Esse contato foi uma orientação de Romero Sousa (consultor criativo do Sebrae) e do Coletivo Feminista Cunhã, que desenvolve um trabalho muito bonito com as rendeiras do Cariri. Primeiro eu vim para conhecer o trabalho das rendeiras. Mas achei tudo tão bonito que resolvi usá-lo em minha coleção”, relatou.

Ainda de acordo com Fernanda Yamamoto, a coleção terá um aspecto diferenciado. Ou seja, o artesanato propiciará uma espécie de intercâmbio cultural entre consumidoras e artesãs. “É uma coleção que vai falar da mulher e de sua realidade para outras mulheres que as adquirir. Cada peça, por exemplo, receberá o nome da rendeira que a confeccionou”, disse a estilista.

Eventos e capacitações – Para a gerente do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), Lu Maia, a participação das rendeiras paraibanas em uma coleção nacional é resultado da valorização das artesãs. “É uma oportunidade excelente para a Paraíba apresentar seu produto ao mundo. Isso mostra que o nosso artesanato está tendo visibilidade para os grandes estilistas. Sempre levamos nossas artesãs para feiras e salões e isso incentiva cada vez mais essa visibilidade. Também fazemos capacitações em parceria com o Sebrae”, ressaltou.

Romero Sousa é consultor criativo do Sebrae e um dos parceiros do Governo do Estado na qualificação das artesãs paraibanas. Ele destacou a importância das peças locais serem levadas a uma feira nacional. “A estilista (Fernanda Yamamoto) já está levando as peças desenvolvidas pelas nossas rendeiras. Fiz essa indicação junto ao Cunhã, que desenvolve também um trabalho muito bonito com as rendeiras. Essa coleção representa grande benefício para as nossas rendeiras”, comentou.

Segundo a gerente Lu Maia, também está em planejamento a participação das rendeiras locais em 13 eventos até o final do ano. Como alguns deles podem ser citados a Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte 2015), em Pernambuco; Festival de Areia, na Paraíba; Craft Design, em São Paulo; Renda-se – Feira de Artesanato, Bordados e Rendas, em Brasília; e a Rural Tour, em São Paulo.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *