Reabertura do Cimples Ócio: Sindicatis convida Waldir 59

Na volta das atividades do Cimples Ócio, o Samba do Sindicatis vai trazer a Curitiba uma das maiores lendas vivas do samba para uma justa homenagem.

Compositor e grande diretor de harmonia, WALDIR 59 é o atual sócio nº1 da Portela. Foi um dos principais parceiros de Candeia, com quem dividiu a autoria dos sambas campeões dos carnavais de 1957 e 1959. Membro da Velha Guarda da Portela desde sua origem, também foi fundador e ex-presidente da G.R.A.N.E.S Quilombo. É considerado o responsável pela ida de Paulinho da Viola, Clara Nunes e João Nogueira para a Portela.

História

Integrante da Ala de Compositores da Portela a partir da década de 1950, tendo vencido vários carnavais na Portela em 1955, 1956, 1957, 1959 e 1965.
Seu pseudônimo se originou devido a ter três pessoas com o mesmo nome “Waldir” na ala de compositores da Portela, assim ficou conhecido como o Waldir que morava no número 59, em uma casa próxima à escola.
Trabalhou como ferroviário.
Também integrou a Ala de Compositores do Bloco Recreativo Embalo de Madureira a partir de 1963.
Considerado o responsável por Clara Nunes e Paulinho da Viola terem integrado a Portela.
Participou do filme “Orfeu do Carnaval” (sendo responsável por toda parte musical do samba).
Integrante da Velha-Guarda da Portela desde sua fundação no ano de 1970.
Atuou como Diretor de Harmonia da Portela a partir do ano de 1973 e em 1990 foi premiado com o “Troféu O Dia” por sua atuação como Diretor de Harmonia da Portela.

Obra

Brasil, panteão de glórias (c/ Candeia, Casquinha, Bubu da Portela e Picolino)
Data maravilhosa (c/ Casquinha e Candeia) inédita
Despertar de um gigante (c/ Candeia e Picolino da Portela)
Festas juninas em fevereiro (c/ Candeia)
Histórias e tradições do Rio Quatrocentão (c/ Candeia)
Lamento de uma raça (c/ Candeia) inédita
Lapa (c/ Ari Guarda)
Legados de D. João VI (c/ Candeia e Picolino da Portela)
Magna beleza (c/ Candeia)
Meu ser (c/ Candeia) inédita
Não é bem assim (c/ Candeia) inédita
O molho é samba
Por que não vens? (c/ Candeia) inédita
Rio, azul da cor do mar (c/ PQD e Fernando Cabelo) Inédita
Riquezas do Brasil (Brasil poderoso) (c/ Candeia)
Sem razão (c/ Candeia) inédita
Vem amenizar (c/ Candeia)

Entrada: R$ 10,00

Rua João Batista Trentin, 417, Curitiba

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *