Pontos de Cultura no Complexo do Alemão

Pontos de Cultura no Complexo do Alemão

Pontos de Cultura no Complexo do Alemão

O Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, vai ganhar dois Pontos de Cultura. Cada instituição receberá R$ 180 mil do Ministério da Cultura, divididos em três parcelas anuais, para desenvolver ações de diversas naturezas. A ministra da Cultura, Ana de Hollanda, o vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, e a secretária estadual de Cultura, Adriana Rattes visitaram os dois centros na comunidade, nesta segunda-feira (10).

 

Um foco será na ONG Oca dos Curumins/Escolinha da Tia Bete – próximo à Vila Olímpica -, com atividades para todas as idades, envolvendo cursos de inglês, informática, moda, dança, reciclagem. O outro no Instituto Raízes em Movimento, em Ramos, desenvolve atividades com adolescentes. No Estado, há cerca de 300 pontos de cultura.

 

A Oca dos Curumins, por já estar com toda a documentação em dia, assinou hoje mesmo o convênio com a Secretaria de Cultura. O Raízes em Movimento o fará dentro de alguns dias, porque ainda faltam alguns documentos para legalizar o compromisso.

 

A comitiva seguiu para a estação final do teleférico no morro da Fazendinha, onde funcionará um grande centro cultural. De acordo com a secretaria estadual, haverá posto de bibliotecas e computador em todas as estações do teleférico.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *