Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval”

Em visita ao Reino Unido, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, defendeu que o Brasil deve abandonar o estereótipo do “Carnaval e futebol” e apostar mais na promoção de seu ‘soft power’
(poder brando, em tradução livre) – a capacidade de um país influenciar outros por meio de sua cultura e ideias.

Segundo Marta, porém, o trabalho de promoção do Brasil no exterior – em um momento em que o país atrai interesse internacional por causa da Copa de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016 – deve pôr mais ênfase na cultura nacional, evitando o esteriótipo do país do “Carnaval e futebol”.

“Quando era ministra do turismo fiz um trabalho hercúleo (para evitar o esteriótipo), que a Embratur continuou”, afirmou a ministra. “Neste momento, queremos mostrar a diversidade. Temos artistas plásticos e teatro de primeiro mundo, música, cerâmica. Queremos mostrar essas
coisas que são parte de nosso acervo cultural. O resto também é. Nossas praias, tudo isso é bonito, e bom, e atrai, mas a identidade brasileira é a cultura.
Este é o momento de aproveitarmos para fazermos a nossa marca como país – o tal do soft power.”

Segundo a ministra, a Inglaterra “está brigando para manter o ‘soft power’ que eles levantaram com a Olimpíada de Londres”. “(Essa imagem de que o Reino Unido é) um país de conquistas
na tecnologia, cultura, (que tem capacidade de) organização – foi o que eles conseguiram mostrar”, disse Marta.

“Nós temos tudo para mostrar um ‘soft power’ mais poderoso”, afirmou, após atentar para a necessidade de se dar visibilidade para manifestações culturais de diversos Estados e cidades
brasileiras.

Marta se encontrou em Londres com a ministra da Cultura britânica, Maria Miller, e com autoridades responsáveis pelo festival cultural organizado durante os Jogos Olímpicos deste ano.

O objetivo era entender o que o Brasil pode aprender com a experiência britânica para aplicar nos eventos culturais relacionados a Copa de 2014 e a Olimpíada do Rio, em 2016.

CEUs no exterior

Durante a visita, Marta disse que uma das “ideias” de seu ministério, ainda em fase de gestação, seria criar centros de promoção da arte e da cultura brasileira no exterior – o que ela chama de “CEUs das Artes no exterior”.

O nome lembra os chamados Centros Educacionais Unificados (CEU) – escolas com ampla infraestrutura para a prática de esportes e atividades culturais -, um dos cartões de visita da administração de Marta na prefeitura de São Paulo.

Recentemente, o Ministério da Cultura anunciou que pretende inaugurar 360 Centros Unificados de Arte e Esporte em 325 municípios brasileiros – aos quais Marta também se refere como “CEUs das Artes”.

Segundo a ministra, porém, o uso do mesmo termo no Ministério da Cultura não seria uma forma de autopromoção. “Temos de ter presença cultural fora (do país) e que nome vamos dar? Esse CEU das Artes é uma marca do governo Dilma. Não é relacionado ao CEU de São Paulo”, disse.

De acordo com Marta, a ideia de criar esses centros de cultura brasileira no exterior também poderia ser parte de um projeto maior para ampliar o ‘soft power’ do país. Ela diz, porém, que por enquanto há poucas iniciativas concretas sendo coordenadas nesse sentido.

Iniciativas preexistentes

Antes de chegar à Grã-Bretanha, Marta inaugurou em Lisboa o chamado Espaço Brasil, um centro com bares, restaurantes e áreas para manifestações artísticas que foram concebidas como parte das comemorações do Ano do Brasil em Portugal.

Em Londres, visitou um recém-reformado espaço na nova sede da embaixada brasileira, que servirá para a realização de eventos e exposições relacionados ao Brasil e anunciou que o Ministério da Cultura irá colaborar na realização desses eventos.

Segundo a ministra, essas duas iniciativas poderiam ser “os primeiros CEUs das Artes no exterior”, mas ela admite não saber de onde viria o financiamento para iniciativas semelhantes.

Alguns especialistas em assuntos internacionais, como Joseph Marques, do King’s College, em Londres, acreditam que, para ampliar o ‘soft power’ brasileiro, seria oportuno para o país começar a pensar em uma diplomacia cultural mais séria e contínua, que passaria pela promoção da língua portuguesa.

Para a Grã-Bretanha, o trabalho de promoção cultural e lingüístico é feito pelo Conselho Britânico. A China tem mais de 1.000 unidades do Instituto Confúcio espalhados pelo mundo, a França apoia a Aliança Francesa e a Espanha tem o Instituto Cervantes. A Alemanha financia o Goethe Institute e Portugal tem o Instituto Camões. “Se você quer um país que tenha impacto, a língua é importante. Mas isso você não faz do dia para a noite”, disse Marta.

Ela também admitiu que o Brasil poderia estar mais adiantado nos preparativos para os projetos culturais que acompanharão os Jogos da Copa e das Olimpíadas, mas, disse que na Inglaterra a maior parte do trabalho teria sido feita em dois anos.

    Author: Redação

    Share This Post On

    110 Comentários

    1. Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura

    2. Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura

    3. Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura

    4. Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura

    5. I am sure this post has touched all the internet viewers, its really really good post on building up new web site.

    6. Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura

    7. I will immediately take hold of your rss as I can not in finding your e-mail subscription link or e-newsletter service. Do you have any? Please let me recognize in order that I may subscribe. Thanks.

    8. Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura

    9. I definitely wanted to develop a comment to be able to thank you for all the splendid points you are giving here. My time intensive internet investigation has finally been compensated with reasonable tips to write about with my friends. I would state that that many of us website visitors are unequivocally fortunate to live in a fantastic community with many marvellous individuals with insightful pointers. I feel pretty fortunate to have used your webpages and look forward to some more awesome times reading here. Thank you again for everything.

    10. cmUEQG Thanks for sharing, this is a fantastic blog.Thanks Again. Awesome.

    Trackbacks/Pingbacks

    1. xoQqUEXD - xoQqUEXD... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...
    2. nTKrBLLP - nTKrBLLP... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...
    3. arYuzNbS - arYuzNbS... --...
    4. trx shoulder exercises - trx shoulder exercises... Great – I should certainly pronounce, impressed with your site. I had no trouble navigating through all the …
    5. CHEAP RALPH LAUREN - CHEAP RALPH LAUREN... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...
    6. nike free women - nike free women... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...
    7. REAL MADRID JERSEY - REAL MADRID JERSEY... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...
    8. NIKE AIR MAX 2013 CHEAP - NIKE AIR MAX 2013 CHEAP... --...
    9. オークリー サングラス - オークリー サングラス... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...
    10. cheap mbt shoes - cheap mbt shoes... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...
    11. Prada Handbags Cheap - Prada Handbags Cheap... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...
    12. FhwZctBP - FhwZctBP... Para M. Suplicy, Brasil deve evitar estereótipo do “Carnaval” | Brasil Cultura...

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *