Ouça “História Hoje” 25/04: Cantora Carmen Costa morria há 10 anos no Rio de Janeiro

carmen costa

Há dez anos, no dia 25 de abril de 2007, aos 87 anos de idade, morria a cantora Carmen Costa.

Capaz de transformar a dor em versos. De cantar o amor em suas mais diferentes formas. De encantar plateias, no Brasil e no exterior. Ser artista, ser estrela.

Assim era Carmelita Madriaga. Menina doce, que cresceu forte e alcançou o sucesso com o nome artístico Carmen Costa.

ANTES DE OUVIR O ÁUDIO DESLIGUE O SOM DA RÁDIO BRASIL CULTURA NO TOPO DA PAGINA

Nasceu em Trajano de Moraes, na região serrana do Rio, no dia cinco de janeiro de 1920. Na adolescência, trabalhou como empregada doméstica na casa de Francisco Alves, que a levou para participar de programas de calouros. Foi destaque no programa de rádio de Ary Barroso.

 

Com sua força musical, foi conquistando o público, encantando multidões. Marchinhas de Carnaval, samba, boleros, elementos da cultura cresciam na voz marcante de Carmen Costa.

 

Sucesso na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, na década de 1950, Carmen Costa viveu intensamente. Atuou no cinema, casou com um americano, foi viver nos Estados Unidos, compôs e cantou as dores, as paixões, os amores que nascem, florescem e depois morrem ou simplesmente partem sem dizer adeus. Cantou a vida, seus dissabores e suas alegrias.

 

 

Fez dupla com o cantor e compositor Henricão. Sua última gravação foi com o cantor Elymar Santos.

 

Carmen é autora das músicas Está chegando a hora e Cachaça não é água. Em uma de suas composições, “Tombamento”, escreveu: “Eu sou a raça/ Sou mistura/ Sou aquela criatura/ Que o tempo vai tombar.”

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados às datas do calendário. Vai ao ar pela Rádio Brasil Cultura de segunda a sexta-feira

    Author: Brasil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *