Ouça “História Hoje” 15/06: Conheça a trajetória de Ella Jane Fitzgerald, primeira-dama do Jazz

maxresdefault-3

Há 20 anos, morria Ella Jane Fitzgerald, reconhecida como a primeira-dama do Jazz, apontada pelos críticos e músicos dos Estados Unidos como a maior cantora do século XX.

Apresentação Gláucia Gomes

ANTES DE OUVIR O ÁUDIO DESLIGUE O SOM DA RÁDIO BRASIL CULTURA NO TOPO DA PAGINA

Nascida na Vírginia, Estados Unidos, no ano de 1917, Ella Fitzgerald era negra e de família pobre. Ainda na infância, ficou órfã e foi morar nas ruas.

 

Seu maior sonho era tornar-se dançarina, mas foi a música que conseguiu deixar a rua, apesar de ter sofrido muito preconceito. No início, por causa da cor e sem endereço fixo, teve dificuldades em participar de programas de calouro, inclusive, chegou a ser impedida de receber um prêmio como melhor cantora num concurso promovido por uma boate, por ser considerada negra e feia.

 

Depois de receber o prêmio novamente foi vítima de discriminação para ser aceita como cantora, em 1936, na banda de Jazz de Chick Webb. Entretanto, dois anos depois o grupo chegava ao estrelato por causa dela. Era o tempo do Jazz swing quando o ritmo era estava na moda nos salões de dança.

 

Com o pai do Jazz be bop, Dizzy Gillespie, começou a excursionar pelos Estados Unidos, deixando as boates de periferia para apresentações em prestigiadas casas noturnas.

 

Nos anos 50, Ella Fitzgerald já era mundialmente conhecida; cantava para plateias dos Estados Unidos, Europa e Japão e aclamada pelo público e a crítica como a maior cantora de jazz da história, recebendo o título de primeira-dama do jazz.

 

A biografia de Ella Fitzgerald é um testemunho do racismo contra os negros nos Estados Unidos. Em um episódio durante uma viagem de trem, quando ia fazer um show em outra cidade, quase foi retirada da ala reservada aos brancos, porque no trem não tinha espaço na ala dos negros. Em outra ocasião, num voo para Austrália, Ella e sua banda foram retirados para cederem seus lugares a brancos e a turnê foi cancelada.

 

Nos anos 90, era considerada uma lenda viva e recebeu diversas homenagens e prêmios. Há até um  prédio de universidade com seu nome nos Estados Unidos. Ella Fitzgerald morreu em Beverly Hills, em 1996, anos 79 anos.

 

itaipu log

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados às datas do calendário. Vai ao ar pela Rádio Brasil Cultura de segunda a sexta-feira.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *