Oswald de Andrade homenageado

Oswald de Andrade será o homenageado da Flip 2011

Oswald de Andrade será o homenageado da Flip 2011

Um dos expoentes do modernismo, Oswald de Andrade (1890-1954), que completaria hoje 121 anos, será o grande homenageado da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) 2011. Protagonista da Semana de 22, autor do Manifesto da Poesia Pau-Brasil (1924) e do Manifesto Antropófago (1928), ele introduziu a prosa experimental no país, com Memórias Sentimentais de João Miramar (1924), e assinou um dos primeiros livros da poesia modernista, Pau-Brasil (1925). Considerado o mais inovador dentre os escritores do modernismo, Oswald abriu caminhos para Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto e os poetas concretos, além de ter sido um precursor da Tropicália e da “poesia marginal” dos anos 70.

 

No ensaio ‘Estouro e Libertação’, de Brigada Ligeira (1945), o crítico Antonio Candido escreveu: ‘Oswald de Andrade é um problema literário. Imagino, pelas que passa nos contemporâneos, as rasteiras que passará nos críticos do futuro’. “De lá para cá, a obra de Oswald só cresceu em importância, mas também aumentaram as rasteiras que o escritor tem passado nos críticos e leitores do presente – com seu teatro orgiástico (decisivo para a dramaturgia brasileira a partir dos anos 60), com o afresco revolucionário do país que ele fez em Marco Zero, com a antropologia de sua tese sobre messianismo e utopia (A crise da filosofia messiânica)”, comenta Manuel da Costa Pinto, curador da Flip.

 

Esta homenagem pretende falar também do Oswald da Semana de 22, da Antropofagia e do nativismo Pau-Brasil, mas indo além – mostrando como existe ainda um Oswald a ser explorado, pronto para nos pregar novas peças. “Ainda há muito a explorar sobre este pensador de uma miscigenação sem nostalgia da identidade (bem à frente, portanto, do atual discurso multicultural), o crítico da civilização técnica e, sobretudo, o criador de uma poética que restaura o arcaico para se libertar do passado”, complementa Costa Pinto.

 

A trajetória do escritor, poeta e ensaísta e o alcance expressivo de sua obra na formação da literatura brasileira são questões que devem garantir a pluralidade do debate nos eventos da Flip dedicados a Oswald de Andrade.

 

Homenagens anos anteriores

 

Os escritores homenageados nas edições anteriores da Flip foram Vinicius de Moraes, Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Jorge Amado, Nelson Rodrigues, Machado de Assis, Manuel Bandeira e Gilberto Freyre.

 

Mais informações no site da Flip: www.flip.org.br

    Author: Redação

    Share This Post On

    1 comentário

    1. gtDl8J Fantastic blog post.Really thank you!

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *