Os destinos saborosos do chocolate brasileiro

Fabrica de chocolates em Gramado. Gramado é considerado um dos destinos mais românticos do País e muito visitado durante o ano todo por apreciadores de baixas temperaturas, vinhos e gastronomia. No comercio local é possível encontrar diversas lojas que oferecem vários tipos e sabores de chocolates, como: bombons, barrinhas recheadas, trufas. Em algumas delas é possível até acompanhar o processo de fabricação dessas delícias que encantam apreciadores de todas as idades. Gramado (RS). Foto: Beto Garavello *** Local Caption *** *prazo indeterminado

Fabrica de chocolates em Gramado. Gramado é considerado um dos destinos mais românticos do País e muito visitado durante o ano todo por apreciadores de baixas temperaturas, vinhos e gastronomia. No comercio local é possível encontrar diversas lojas que oferecem vários tipos e sabores de chocolates, como: bombons, barrinhas recheadas, trufas. Em algumas delas é possível até acompanhar o processo de fabricação dessas delícias que encantam apreciadores de todas as idades. Gramado (RS). Foto: Beto Garavello *** Local Caption *** *prazo indeterminado

Comer chocolate é bom, mas se for dentro da fábrica ou, ainda, apreciando a beleza das cidades produtoras e se divertindo em atrações feitas com o doce, a experiência pode ser ainda melhor. Algumas cidades brasileiras se destacam pela produção industrial ou artesanal da delícia feita a base de cacau. E os brasileiros gostam mesmo do chocolate.

Uma pesquisa do Ibope apontou que 75% dos brasileiros consomem o produto e que 61% dessas pessoas compram chocolate pelo prazer e satisfação que ele proporciona. Números que explicam o crescimento das vendas no país. De janeiro a setembro de 2016, a comercialização cresceu 13% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

E para ajudar os amantes do doce a se deliciarem em destinos pelo Brasil, a Agência de Notícias do Turismo preparou algumas sugestões:

Combu (PA) – Combu é uma ilha que fica nos arredores de Belém e é famosa por vender chocolates 100% artesanais, feitos com o cacau plantado no terreno dos produtores. O doce é a segunda maior fonte de renda das famílias, perdendo apenas para o açaí.

O chocolate do Pará é tão famoso que um dos mais renomados chefs de cozinha, Alex Atala, se rendeu a iguaria e incorporou o doce ao seu menu. Mas a fama turística de Combu vai além do chocolate. A ilha oferece opções de lazer como passeio no rio Guamá e trilhas ecológicas.


Combu é uma ilha que fica nos arredores de Belém. Crédito: Prefeitura de Belém

Ilhéus (BA) – A cidade é considerada capital do cacau e destino para quem quer conhecer todo o processo produtivo do chocolate, desde as plantações de cacau até o doce pronto para consumo. Por lá, o turista pode visitar fazendas do fruto e conhecer a primeira fábrica de chocolate artesanal do Nordeste.

Quem vai à Ilhéus pode aproveitar também para fazer uma hidratação facial com chocolate ou participar da Circuito Cacau Running, uma corrida que traz a cultura da região cacaueira para as ruas do município.


Ilhéus. Crédito: Embratur

Vila Velha (ES) – A fábrica de chocolates da Garoto está localizada em Vila Velha e se tornou atrativo para os amantes do doce. As visitas são chamadas de Chocotours e incluem passeio pela fábrica e pelo museu do chocolate. O visitante acompanha o processo de fabricação do produto e pode degustar alguns bombons. Aproveite que está no município mais antigo do Espiríto Santo e visite os históricos Convento de Nossa Senhora da Penha, Sítio Histórico da Prainha, Farol de Santa Luzia, além de outras atrações.


Vila Velha. Crédito: Embratur

Campos do Jordão e Caçapava (SP) – O turismo do chocolate colocou Campos do Jordão na rota das cidades mais famosas para destinos doces. Além de fábricas, o local tem chocolaterias especializadas em tipos, sabores e derivados do doce como fondue, chocolate quente, geléias, licores e souvenirs.

Em Caçapava está a fábrica de chocolates Nestlé com portas abertas para visitação e claro, degustação dos doces.

Gramado e Canela (RS) – Vizinhas, as cidades são a cara do chocolate brasileiro e repletas de mini-fábricas, lojas e expositores. Gramado é tão chocólatra que tem até um Mundo de Chocolate, único parque temático da América Latina com mais de 200 peças produzidas inteiramente de chocolate e que mais parecem esculturas. A Torre Eiffel  de chocolate, por exemplo, mede 4 metros de altura, pesa 800 quilos e demorou mais de 100 horas para ser produzida manualmente.


Cachoeira do Caracol. Crédito: Diego Campos

FESTA DO CHOCOLATE – Atenção, chocólatras! O Festival Internacional do Chocolate e Cacau acontece em Ilhéus, Belém e São Paulo e reúne grandes empresários do setor, investidores, produtores, estudantes, pesquisadores, além de um público interessado e apaixonado pelo doce. Durante o festival, são promovidos cursos, palestras, shows, atividades culturais, ateliês, turismo em fazendas e uma grande feira com exposição de derivados de cacau.

 

    Author: Brasil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *