Na infinita solidão dessa hora e desse lugar

Bares, casas noturnas, comerciantes, lojistas e transeuntes. Gays, punks, emos, cross dresser, drag king, drag queen, lésbicas, piriguetes, garotas de programas, travestis, indies, roqueiros, jovens, velhos, ricos e pobres. Cada um sua linguagem corporal própria, seu movimento, seu estilo. E todos se encontram na Rua Augusta, emblema máximo da diversidade em São Paulo.

“NA INFINITA SOLIDÃO DESSA HORA E DESSE LUGAR” é o novo espetáculo da Cia Corpos Nômades, e estreia dia 2 de dezembro de 2011, no Espaço Cênico O LUGAR, situado na Rua Augusta, 325. O espetáculo, que conta com a 10ª Edição do Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo, fica em cartaz até o dia 18 de dezembro de 2011.

Com direção geral de João Andreazzi, o espetáculo se inspira no ambiente da Rua Augusta, situada na parte central da cidade de São Paulo, e nos personagens típicos dessa região, para criar movimentos que compõem as coreografias. Acompanham nessa empreitada cênica os textos de Bernard-Marie Koltès e a assessoria vocal de Madalena Bernardes.

Datas: 2 a 18 de dezembro de 2011
Horários: Quinta, Sexta e Sábado às 21h e Domingo às 20h.
Ingressos: R$15,00 (inteira) e R$7,50 (meia)
Local: Espaço Cênico O LUGAR – Rua Augusta, 325 – São Paulo – SP.
Reservas por telefone: 11-32373224 ou por e-mail: ciacorposnomades@gmail.com
Bilheteria: abre uma hora antes do evento
Lotação: 65 lugares
Faixa etária: 16 anos
Duração total das apresentações: 65 minutos

Estacionamento Conveniado: Rua Augusta, 108


Site: www.ciacorposnomades.art.br

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *