Museu Paranaense promove o lançamento de cinco livros de história do Paraná

museupr
Hoje, dia 19 de dezembro o Museu Paranaense (MP) promove o lançamento de cinco livros das coleções Teses do Museu Paranaense e Histórias do Paraná. O evento começa às 17h no auditório Loureiro Fernandes. A entrada é gratuita.

O diretor do Museu Paranaense, Renato Carneiro Jr. explica que o museu tem como missão a preservação, divulgação da história, da cultura e do patrimônio do Paraná. “A publicação de livros aumenta bastante a possibilidade de que mais pessoas visualizem elementos da nossa história e conheçam a fundo alguns desses temas. Para o museu também é muito importante permanecer no cenário científico nacional e internacional com publicações deste nível, tanto da coleção Teses do Museu Paranaense quanto da nova coleção Histórias do Paraná, em convênio com o Departamento de História da Universidade Federal do Paraná”.

Da coleção Teses do Museu Paranaense será lançado o livro “Vulnerabilidade, resiliência e cultura: comunidades quilombolas no Paraná e o Varzeão”, de Jurandir Souza, sobre as comunidades de descendentes negros no Paraná. No livro é retratada a história e as condições atuais da comunidade Varzeão, localizada no município de Dr. Ulysses, interior do Estado.

Nova coleção
Organizada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) junto ao Museu Paranaense, a nova coleção Histórias do Paraná lança quatro títulos. “O Macabeu: imigração e identidade judaica no Paraná”, de Michel Ehrlich, traz uma discussão sobre os judeus no Brasil, especificamente na cidade de Curitiba. O livro procura traçar alguns dos mais importantes antecedentes para a construção da identidade moderna judaica, e descreve a chegada, adaptação e integração dos judeus no Brasil.

Na publicação “Entre sapatos e livros: a trajetória de um sapateiro na militância comunista em Paranaguá/PR – 1935 a 1964”, Thiago Possiede conta a história do sapateiro Antonio Rocha que, por meio de seus livros, atravessou continentes e travou lutas políticas. Seus hábitos de leitura ficaram tão famosos que se tornou orientador dos estudantes da cidade, auxiliando-os a fazer trabalhos acadêmicos.

No livro “Política entre razão e sentimentos: a militância dos comunistas no Paraná 1945-1947”, Cláudia Monteiro procura demonstrar as motivações compartilhadas pelos membros do Partido Comunista em seus dois anos de existência legal, tecendo uma trama muito original sobre os sentimentos de pertença a um grupo que se autodefine como responsável por uma grande causa, a revolução.

Hitler não morreu e está na América Latina, segundo o autor Marcos Meinerz no livro “Imaginário da formação do IV Reich: América Latina após a 2ª Guerra Mundial”. De acordo com Meinerz, o líder nazista e seus subordinados estariam conspirando para formar o IV Reich. A reorganização do partido nacional socialista no continente receberia a ajuda de imigrantes alemães existentes, inclusive, na pacata cidade de Marechal Cândido Rondon, no interior do Paraná.

Todas as publicações estarão disponíveis para download gratuito no site www.museuparanaense.pr.gov.br após o lançamento.

Serviço
Lançamento de livros das coleções “Teses do Museu Paranaense” e “Histórias do Paraná”
Dia 19 de dezembro de 2017 às 17h
Auditório Loureiro Fernandes
Entrada Gratuita

Museu Paranaense

Rua Kellers, 289, São Francisco. Curitiba/PR
Terça a sexta-feira das 9h às 18h
Sábado, domingo e feriado das 10h às 16h.
www.museuparanaense.pr.gov.br
(41) 3304-3300

Fonte: SEEC

Author: Brasil Cultura

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *