Morre o musico paranaense Romano Nunes – Cabelo, um dos mais importantes musicos brasileiros

Morreu na manhã de hoje o violonista Romano Nunes – Cabelo, um dos mais importantes músicos brasileiros. Seu nome é Romano Nunes nascido em Carlópolis, cresceu por conta da música em Jacarezinho, amadureceu artisticamente em Curitiba, todas cidades do Paraná. Em Curitiba chegou com apenas sua guitarra elétrica e seus cabelos compridos, o qual herdou o apelido, Cabelo,  carinhosamente conhecido pelos amigos.

Exímio violonista e violeiro, instrumentos aos quais domina com maestria, e é amigo íntimo desde seus cinco anos de idade, quando já  emocionava a todos tocando “Abismo de Rosas” ( A. Jeacomino/Canhoto ). Multifacetário adapta-se facilmente ao cavaquinho, ou à guitarra.

O violão de Cabelo vale por uma orquestra inteira. Só assim para dar noção do talento desse músico paranaense.Foi na capital, Curitiba, que Romano Nunes ganhou o apelido que adotou como nome artístico.

Cabelo tinha intimidade com as cordas desde os cinco anos, quando tocava uma música de Canhoto. Aprimorando a arte com o tempo, seu repertório vai de Villa Lobos até os Beatles, com forte predominância de músicas próprias, como a belíssima O vôo do beija-flor, composta enquanto as aves dançavam pelo ar ao som de seu violão.

Capa do LP Águas do Futuro, de Tatára e Cabelo

Com um pé no regional, Cabelo manteve em seu repertório bossa nova, guarânias, modas de viola e até tangos e boleros. Seu violão fala com o povo e se comunica através da arte, sem receitas e nem rótulos.

Em um meio fio entre o erudito e o popular, Cabelo já arrancou elogios do exigente maestro Júlio Medaglia, que conheceu o músico em uma apresentação na Serra da Cantareira, região nobre de São Paulo.

O velório do violonista Romano Nunes – Cabelo, dar-se-à na Câmara Municipal de Jacarezinho a partir das 21:00 horas desta quinta feira e seu sepultamento, amanhã, dia 27 de janeiro na mesma cidade.

 

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *