Morre Ana Servan, da dupla sertaneja Duo Glacial

A cantora Ana Servan Vidal, de 75 anos, que integrava a dupla sertaneja Duo Glacial, formada por ela e o irmão, Miguel Vidal, morreu, na tarde desta segunda-feira (19), em Araraquara (a 291 km de Araçatuba). Segundo o jornalTribuna, ela teve duas paradas cardíacas pela manhã na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Xavier, onde teria ido por conta de uma infecção urinária e dengue.

O Duo Glacial fez muito sucesso na década de 1960, quando vendeu mais de um milhão de discos com a música “Poeira”, de Luiz Bonan e Serafim Colombo Gomes. Em 1955, com o nome “Irmãos Cervan”, a dupla começou a se apresentar na Rádio Cultura de Araraquara.

SÃO PAULO
Em 1956, os irmãos decidiram tentar a carreira artística em São Paulo, onde conheceram o compositor José Fortuna, que os convidou para participar do programa “Onde Cantam Os Maracanãs”, que ia ao ar pela Rádio Piratininga.

Três anos depois, Miguel e Ana adotaram o nome artístico de Duo Glacial. Sucederam-se apresentações nas rádios Tupi, Nove de Julho e Nacional de São Paulo e, ainda em 1959, o Duo Glacial gravou seu primeiro disco com 78 rotações.

FESTIVAL
Em 1967, o Duo Glacial conquistou o primeiro lugar no Primeiro Festival Sertanejo da Rádio Nacional, e em 1970 participou do filme “Sertão Em Festa”. No mesmo ano, lançou um LP com 12 composições de autoria de João Pacífico. O disco foi remasterizado em CD em 2000, na “Coleção Raízes da Música Sertaneja – Duo Glacial em Homenagem a João Pacífico”.

Ana, por motivos particulares, afastou-se do Duo Glacial em 1974, retornando somente em 1983. Desde então, a dupla prosseguia fazendo shows e realizando gravações, além de participar de programas de TV.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *