III Conferência Estadual do Esporte e Lazer

Conferencia_10_Abertura_CassiaMEComeçou nessa terça-feira (4/10), em Curitiba, a III Conferência Estadual do Esporte, que vai até esta quarta-feira (5/5), às 12h30, no Centro de Convenções de Curitiba. Com o objetivo de consolidar o esporte e o lazer como política de Estado, o Ministério do Esporte propõe à sociedade brasileira a elaboração de um plano decenal, que irá estabelecer linhas estratégicas, ações, metas, responsáveis e prazos para o desenvolvimento do esporte e lazer nos municípios, estados e nação nos próximos dez anos. O passo seguinte para discussão e aprovação final será a III Conferência Nacional do Esporte – CNE, de 3 a 6 de junho em Brasília.
A conferência estadual, com a organização da Paraná Esporte, teve abertura com os discursos do presidente da mesa, Marco Aurélio Saldanha Rocha, o assessor especial do Ministério do Esporte, Ricardo Gomyde, da Comissão Nacional de Mobilização, Joel Benin, do diretor de Lazer da Paraná Esporte, Cláudio Ribeiro, e da representante do ministro Orlando Silva, Cássia Damiani.
“Em nome do nosso ministro do Esporte, Orlando Silva, que vem demarcando o esporte no Brasil de maneira inigualável, espero que todos aqui tenham lucidez para que podemos qualificar as melhores propostas e formar um belo plano decenal para o nosso país”, declarou Cássia. 


Público participante da Conferência Estadual do Esporte

Segundo Marco Aurélio, o Plano Decenal de Esporte e Lazer, consolidado e instituído em lei, pode assegurar a continuidade das ações em busca de uma nova realidade para o esporte e o lazer no Brasil. “Ao concretizar-se elevará a cultura esportiva dos brasileiros e a qualidade do padrão esportivo, que permitirão ao país ser e a se manter como potência esportiva.”
Mesmo com o foco maior voltado para o esporte, o diretor de Lazer, Cláudio Ribeiro, lembrou da importância do lazer para a vida dos brasileiros. “É direito do cidadão, é dever do Estado. Lazer é também forma de informação, e com informação há perspectiva de cidadania”, assegura Cláudio.
Partindo das sugestões apresentadas e discutidas previamente nas conferências preparatórias municipais e regionais, os princípios do Plano Decenal são a universalização, inclusão social e desenvolvimento humano pelo esporte, democratização da gestão e da participação social, esporte como desenvolvimento econômico e nacional, e elevação do nível cultural esportivo da população.
“Pretendemos com a conferência dar continuidade ao que iremos delinear. A importância do esporte está aliada à educação, inclusão e transformação social. Aqui poderemos dar um passo para definir o destino do esporte nos próximos 10 dez anos”, completa Ney Mecking, diretor de Esporte da Paraná Esporte. 


Marco aurélio, diretor-presidente da Paraná Esporte

Ao final do cerimonial de abertura, Marco Aurélio comentou o desfecho do esporte nos últimos anos e desejou uma ótima conferência a todos. “Esse evento vai ao encontro do desenvolvimento do esporte. Teremos grandes realizações no país nos próximos anos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas do Rio em 2016. Queremos que após essas competições o país esteja ainda mais estruturado no âmbito esportivo,” deseja Marco Aurélio, abrindo os debates.
Entre as autoridades presentes ainda estiveram o secretário de Esporte de Curitiba, Rudimar Fedrigo, o secretário de Esporte de São José dos Pinhais, Cláudio Padilha, a diretora de Finanças da Paraná Esporte, Alexandra Scheidt, e o presidente do CREF/PR, Antônio Eduardo Branco.

    Author: Redação

    Share This Post On

    1 comentário

    1. QEBX80 Wow, great blog post.Much thanks again. Want more.

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *