Há 150 anos nascia a feminista Elzira Machado (15 de dezembro)

elziraEm 15 de dezembro de 1865 nascia, no Rio de Janeiro, Elzira Dantas Machado. Foi sócia da Liga Republicana das Mulheres Portuguesas e da Associação de Propaganda Feminista. Lutou pelo direito das mulheres ao voto e à educação. Fundou a Cruzada das Mulheres Portuguesas, que teve um papel importante no apoio às vítimas da Primeira Guerra Mundial. Elzira Dantas Machado morreu no Porto em 1942.

Nasceu a 15 de Dezembro de 1865 no Rio de Janeiro.

É filha única do primeiro casamento do conselheiro Miguel Dantas Gonçalves Pereira, um alto burguês de Paredes de Coura, e de de Bernardina da Silva, cidadã brasileira que conheceu durante o tempo em que esteve emigrado no Brasil, onde fez fortuna.

Após a morte da mãe, aos seis anos, Elzira Dantas Machado veio para Portugal com o pai.

Foi criada num ambiente abastado e culto. O pai sempre se preocupou com a educação da filha, desde a escolha de preceptoras estrangeiras até à previsão de um possível internato em colégio suíço, caso morresse antes de Elzira completar os 12 anos.

 

elzira e MachadoCasou no Porto, em 1882, com Bernardino Luís Machado Guimarães, filho de António Luís Machado Guimarães, primeiro barão de Joane, capitalista estabelecido no Brasil e de sua segunda mulher, Praxedes de Sousa Guimarães.
Eleito deputado Regenerador pelo círculo de Lamego em 1882, aderiu ao Partido Republicano em1903.

Foi Presidente da República por duas vezes:
– De 6 de Agosto de 1915 a 5 de Dezembro de 1917 ( destituído por Sidónio Pais que, à frente de uma junta militar, dissolve o Congresso e obriga-o a abandonar o país)
–  No ano de 1925 (afastado novamente ao fim de um ano pela revolução militar de 28 de Maio de 1926 que o fez regressar ao exílio).

 

Elzira foi, portanto, duas vezes Primeira-Dama

 

Apesar de ter sido educada apenas para ser esposa e mãe como as jovens da sua época, Elzira, a par da gestão da herança familiar, envolve-se desde muito cedo no movimento pela emancipação da mulher,colaborando em várias organizações.

O casamento com Bernardino Machado aos 17 anos permitiu-lhe conhecer algumas das mais destacadas figuras da política e feministas.

Foi uma das fundadoras da Liga Republicana das Mulheres Portuguesas, uma organização política e feminista (1909-1919).

 

Com o eclodir da I Guerra Mundial e a participação de Portugal no conflito,presidiu à criação da Cruzada das Mulheres Portuguesas, movimento de beneficência feminino (1916 -1938) por iniciativa de um grupo de mulheres, com o objectivo de prestar assistência moral e material aos que dela necessitassem (soldados e famílias); apoiou activamente o Corpo Expedicionário Português em França assim como as filhas Rita, Maria e Joaquina.

 

O trabalho que estava a desenvolver foi interrompido em 1917, na sequência do golpe sidonista.
O casal e os 19 filhos exilaram-se em Paris

Apesar das circunstâncias, em 1919, Sidónio Pais decidiu condecorá-la com a Grã-Cruz da Ordem de Cristo e  conceder à Cruzada das Mulheres Portuguesas a Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito 

 

Com exílio tão prolongado, renunciou ao cargo de presidente da CMP, em 1923. Contudo, foi nomeada presidente honorária em assembleia-geral.

A sua filha Jerónima Dantas Machado casa em Paris (1929), com Aquilino Gomes Ribeiro, filho natural de Joaquim Francisco Ribeiro, um sacerdote, e de Mariana do Rosário Gomes.

Escritor e diplomata, considerado como um dos grandes portugueses romancistas, da primeira metade do século XX, foi nomeado para o Prémio Nobel da Literatura em 1960.

O segundo filho, Aquilino Ribeiro Machado foi o 60.º Presidente da Câmara Municipal de Lisboa (1977-1979).

 

Elzira morre a 21 de Abril desse mesmo ano, no Hospital da Ordem Terceira de S. Francisco, no Porto. E a 29 Abril de 1944 morre Bernardino Machado.

Diz, quem os conheceu, que foram sempre muito amigos.

Rorigo – Calendário, em Vila Nova de Famalicão, foi outro local que partilharam acompanhados pelos seus filhos.

Ouça aqui…

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *