Foz do Iguaçu ganha novo espetáculo cultural

Mais de 50 artistas e figurino apresentam um pouco da cultura da América Latina nas 17 apresentações diárias de segunda a sábado

Além das Cataratas do Iguaçu, agora o turista pode assistir ao espetáculo Iporã Lenda Show. Com origem tupi-guarani, o show traduz a beleza das águas e apresenta a diversidade cultural de nove diferentes países da América Latina. O novo produto turístico de Foz do Iguaçu/PR possui 17 apresentações de danças, tem a duração de 1h20 e será apresentado de segunda a sábado, sempre às 22h. O objetivo é oferecer ao visitante uma atração a mais e num horário que já jantaram, terminaram os passeios, mas que ainda querem se divertir conhecendo a cultura, costumes e a boa música de países latinos. O novo show tem apoio cultural da Itaipu Binacional.

O show começa com a apresentação da Lenda das Cataratas, dançada e interpretada por mais de uma dúzia de artistas, que dançam num palco, que foi especialmente planejado com a genialidade do iluminador e coreógrafo, Peter Gasper. O espetáculo é dirigido pelo diretor artístico, Maicon Clenk e o figurino é de Paulo Maia. Durante uma hora e meia a plateia vai viajar pelas culturas do Paraguai, Argentina, Chile, Peru, México, Cuba, Bolívia, Uruguai e Brasil. Podem conferir os estilos das vestimentas, das cores e dos estilos de músicas, que passando tango, salsa, xaxado, samba e encerra com a Aquarela do Brasil.

O grupo de dançarinos, com mais de 50 pessoas entre músicos e bailarinos, ainda mostra todo o gingado e cores de Parentins, capoeira, carnaval, xaxado, as mulatas e o toque do tambor, da cuíca e tamborim. Ainda tem salsa, tango, músicas andinas, malambo, guarânias, rancheiras e o show é encerrado com a alegria da música brasileira.

“Queremos que o turista tenha um lugar e um motivo a mais para visitar e permanecer mais dias em Foz do Iguaçu. O espetáculo retrata a cultura, mas também a integração que temos com os povos dos países latinos”, explica o Diretor Nevio Rafagnin.

Para o novo espetáculo, vários figurinos, cenários e músicas foram criados, ganhando vida, leveza e até um pouco um mistério, projetado pelo iluminador e cenógrafo, Peter Gasper, um gênio em suas criações pelo Brasil a fora. No Iporã Lenda Show (que significa bonito na língua guarani), Peter utilizou vários recursos de luzes com o objetivo de tornar a iluminação um complemento das danças e figurinos. “Hoje temos muitos recursos e podemos utilizar a tecnologia a nosso favor. Criar cores e formatos para complementar o espetáculo e a historia que esta sendo retratada”, explica o iluminista.

Peter Gasper foi o criador da iluminação da monumental Itaipu Binacional, e também é responsável também pela iluminação do Memorial da América Latina, da Catedral de Brasília, do Palácio da Alvorada e do Museu Imperial, além de grandes shows e trabalhos específicos na Rede Globo.

Já os figurinos foram cuidadosamente estudados e criados por Maicon Clenk, que também faz a direção do show, sem esquecer o glamour que envolve as vestimentas, histórias e culturas de cada cultura latina. (texto: Silvana Canal. Foto: Beto Prestes) [silvanacanal@yahoo.com.br]

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *