Fomento à Reflexão

Autores de monografias, dissertações, teses ou investigações jornalísticas que abordem aspectos relativos à música, nos campos erudito e/ou popular poderão inscrever seus trabalhos no Prêmio de Produção Crítica em Música, lançado pela Fundação Nacional de Artes (Funarte/MinC) nesta sexta-feira, 3/2. Serão contemplados 10 trabalhos de pesquisas que receberão recursos de R$ 20 mil cada.

Publicado no Diário Oficial da União (DOU, seção 3, pág 11), o edital tem como objetivo fomentar, em âmbito nacional, a reflexão, a produção e a difusão de conhecimentos sobre a música. Os trabalhos científicos deverão conter no mínimo 100 páginas e tratar de questões referentes à música, podendo abordar:

aspectos históricos, sociais, antropológicos ou econômicos;

aspectos musicológicos acerca da obra de um ou vários compositores ou de determinada corrente estética;

relações entre música/músicos brasileiros e música/músicos estrangeiros;

relações entre música erudita e música popular;

aspectos relacionados à cadeia produtiva/criativa da música.

O coordenador de música popular do Centro de Música da Funarte (Cemus), Cláudio Guimarães, explica que a intenção é fazer o conteúdo produzido circular por vários ambientes, através da publicação dos trabalhados selecionados. A produção de conhecimento não pode ficar parada, ela deve fomentar mudanças, de práticas, de posturas, de visões e isso é uma das exigências do edital.

“A intenção é fazer esse conteúdo circular, via editoras, para escolas, centros culturais, bibliotecas etc. A contrapartida exigida é de que trabalhos considerados aptos devam vir acompanhados de uma “carta de intenções” de uma editora, e terão o prazo de até 365 dias para publicar o trabalho pemiado, seja na editora que forneceu a carta, seja em qualquer outra editora”, disse.

Cláudio Guimarães também ressaltou a liberdade dos autores em relação aos temas, podendo haver pesquisas que critiquem os modelos atuais e proponhas novos paradigmas. “Há liberdade na abordagem, pois o modelo de instâncias consultivas prevê que se transformem um dia em Políticas de governo o que hoje se coloca em forma de ideias”, completou.

A Funarte irá nomear e coordenar a comissão de seleção que será composta por cinco especialistas em música para analisar os trabalhos habilitados pela fase de triagem. Ela avaliará os trabalhos segundo os seguintes critérios: qualidade do conteúdo e da forma e contribuição às reflexões sobre o tema abordado.

Os proponentes/autores terão 45 dias para enviarem suas obras que deverão ser encaminhados por SEDEX em um único volume, tendo como destinatário “Prêmio Funarte De Produção Crítica Em Música”, endereçado à Sala Funarte Sidney Miller: Rua da Imprensa, no- 16/térreo – Centro – Rio de Janeiro – RJ – CEP 20.030-120.

Veja o edital publicado no Diário Oficial da União

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *