FOLCLORE BRASILEIRO – Paraná

  

Estes estados sofreram grande influência dos portugueses, alemães e poloneses, não se notando praticamente a influência dos africanos. No Paraná, a influência italiana é marcante enquanto a portuguesa é notada essencialmente em Santa Catarina cuja principal atividade artesanal é a renda de bilros que foi trazida pelas mulheres dos Açores. Na execução das rendas usam os bilros onde prendem a linha e trabalham ligeiramente com as duas mãos. Ao longe, pode-se ouvir o barulho dos bilros batendo uns nos outros.

A mais tradicional dança desta região é a dança-de-fitas. É uma dança pagã realizada na época natalina. A música geralmente tocada por sanfona, violões e pandeiros. É colocado um mastro central e de sua ponta saem pares de fitas que são seguradas por moços e moças. Existe um guia que comanda a dança, a qual consiste em trançar e destrançar as fitas dentro de um ritmo perfeito. Por ser uma região de clima subtropical e onde a madeira aparece em abundância, principalmente as araucárias, as casas são construídas de acordo com o estilo europeu. Os telhados são em ângulo propiciando a construção do sótão. A madeira impera nos terraços, portas, janelas, escadas, forros. Muito embora tendi sido os alemães os pioneiros na produção do vinho nesta região, foram os italianos os introdutores da festa da uva no Brasil. Atualmente se fabricam bons vinhos, havendo pequenos e grandes produtores.

    Author: Redação

    Share This Post On