Fábrica do Samba receberá mais R$ 40 milhões do governo federal

fabrica_samba_Heloisa_Ballarini

O prefeito de São Paulo, e o ministro do Turismo, Marx Beltrão, vistoriaram na tarde desta segunda-feira (27) as obras da Fábrica do Samba, na Avenida Doutor Abrahão Ribeiro, Zona Norte da capital. O espaço está com as obras da primeira etapa praticamente finalizadas em um investimento de R$ 40 milhões e, a partir do próximo ano, receberá outros R$ 40 milhões do governo federal, dentro do Programa Avançar.

Iniciadas em 2012, as obras foram paralisadas na última gestão por falta de recursos. Elas continuaram em ritmo lento de abril de 2016 a setembro deste ano, quando receberam a liberação de R$ 20 milhões da atual gestão. Agora, estão cerca de 80% concluídas.

“A Fábrica do Samba vai gerar 1,5 mil empregos durante o ano inteiro, sem falar no ganho de imagem por meio do carnaval que a cidade de São Paulo vai ter. O último carnaval movimentou R$ 150 milhões na economia local de acordo com dados da Prefeitura”, comentou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. Ele ressaltou que a cidade também tem o ganho de imagem com o carnaval sendo projetado para várias partes do Brasil e do mundo.

O prefeito de São Paulo, João Dória, agradeceu o empenho do Ministério do Turismo e destacou que o espaço será usado para fomentar a cultura local. Quando estiver pronta, a Fábrica vai abrigar as 14 escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo, a menos de 3 km do Sambódromo do Anhembi, junto à Ponte da Casa Verde. Ela contará com 14 barracões, área administrativa, o Memorial do Samba, salas de aula e área externa.

27 11 17 fabrica samba visita montagem RC
Créditos: Roberto Castro/ MTur

A área total tem cerca de 64 mil metros quadrados. O espaço é dividido em três blocos. O Bloco A, com três galpões, o Bloco B, com quatro galpões, e o Bloco C, com sete galpões. Os sete galpões dos blocos A e B já estão prontos.

Também foram concluídas as obras da portaria, dos 57 banheiros externos para visitantes, de duas passarelas, de duas caixas d’água e da área para reciclagem, que ocupa três galpões e tem uma capacidade média para reciclar 400 toneladas de material. As escolas não pagam aluguel do local, porém arcam com os custos de manutenção, como água, luz e segurança.

O Bloco C e o prédio administrativo estão 35% concluídos. Cinco módulos de pré-moldados foram erguidos, o piso térreo está finalizado, assim como 25% de alvenaria. O revestimento e as instalações continuam em execução e outros dois módulos estão com as fundações concluídas e os pré-moldados sendo montados.

A previsão é que quatro galpões do bloco C, o prédio administrativo e o acesso da Fábrica do Samba sejam entregues em junho de 2018, de acordo com a disponibilidade de recursos. Outros três galpões do bloco C devem ser entregues até o final de 2018. O investimento total na obra até o momento é de cerca de R$ 166,3 milhões, sendo R$ 98,7 milhões da Prefeitura de São Paulo, R$ 27,5 milhões do FUMDURB e os R$ 40 milhões do Governo Federal.

27 11 17 encontro municipios sp interna RC
Crédito: Roberto Castro/ MTur

AGENDA – No período da manhã, o ministro participou, em Ribeirão Preto (SP) da abertura do Encontro de Municípios de São Paulo que tem como objetivo reunir gestores de cinco regiões do interior do Estado de São Paulo: Ribeirão Preto, Franca, Barretos, São José do Rio Preto e Araraquara. O evento que termina nesta terça-feira (28) contará com técnicos do MTur e de outras seis pastas – Saúde, Cidades, Meio Ambiente, Desenvolvimento Social, Planejamento e Educação – que oferecerão atendimento e poderão tirar dúvidas sobre programas do governo federal.

O encontro foi organizado pelo Consórcio de Municípios da Mogiana (CMM), criado em março, que congrega 57 municípios, representando uma população estimada em 1,46 milhão de habitantes. Desses, 46 estão incluídos no Mapa do Turismo Brasileiro. A versão atualizada do mapa, divulgada em setembro pelo MTur, deixou evidente a força do turismo do estado. O número de municípios paulistas incluídos quase dobrou, saltando de 222 para 432 destinos, distribuídos em 51 regiões turísticas.

    Author: Brasil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *