Dicas para preparar o churrasco perfeito

churras

Como estamos em pleno verão, os dias começam a pedir mais comemorações com a família e amigos, com direito a piscina e muitas diversões. Principalmente nos domingos, que são os dias oficiais de preparar algo especial para as visitas.  E nesses encontros animados e cheios de alegria, o prato principal e que todo brasileiro ama é o churrasco. Selecionamos algumas dicas para que esse prato seja tão elogiado e seus convidados saiam satisfeitos. Confira nossas dicas sobre o que não pode faltar para que seu churrasco perfeito.

Aniversários, comemorações de trabalho, domingo com a família. Esses são alguns momentos que encontramos razões para desfrutar de um bom churrasco. Que tal aproveitar o verão para acender a churrasqueira e desfrutar desse delicioso prato?

Além de serem de qualidade, as carnes do churrasco perfeito precisam ser muito bem preparadas. Por essa razão, engana-se quem pensa que o trabalho do churrasqueiro começa em frente à brasa. Confira nossas dicas:

1. O corte da carne

É preciso colocar o conhecimento em prática para definir qual o melhor tipo de carne para um belo churrasco. Logo, prefira as peças com mais gorduras. São elas que dão suculência e sabor à carne.

Picanha, alcatra, contrafilé e costela são as ideais, embora a costela não fique de fora. Os clássicos linguiça, coraçãozinho e asa de frango também entram na lista para que o churrasco fique completo. Eles servem como petiscos, além de serem deliciosos.

 

O cálculo para a soma do total de carno é simples: some 500 gramas de carne para cada convidado homem; 400 gramas, para mulheres; e, 300 gramas, para crianças.

churrasco perfeito

2. Forma de assar

Nas churrasqueiras disponha as carnes mais gordurosas na parte superior da grelha.  Fazendo assim, as gotinhas derretidas de gordura, da parte superior, ajudarão a “saborizar” e umidificar as carnes mais magras da parte inferior.

Tome muito cuidado com o fogo. Evite que a chama fique muito alta a fim de não queimá-la. Nos cortes mais delicados procure enrolá-los em papel alumínio, isso fará que sua carne permaneça suculenta e não queime fácil, além de conservar seu sabor.

3. A escolha do melhor carvão

Outro ponto muito importante é na escolha do carvão. O mais ideal são aqueles provindos de madeira de acácia- negra e de eucalipto. É preciso verificar isso na embalagem. Eles são os melhores porque não liberam muita fumaça, possuem ótima textura e bom rendimento.

churrasco-perfeito-8

4. Olha o fogo!

“Olha o fogo, Olha o fogaréu, Queimando as pontas da palha do meu chapéu”. É de extrema importância que o churrasqueiro fique de olho no fogo. É preciso que o acenda, mas só coloque para assar as carnes, assim que o carvão estiver em brasa. Dessa maneira, se evita que a carne fique com gosto de fumaça. Além de evitar que as poeiras do carvão se depositem sobre a carne.

churrasco perfeito

5. Fique de olho no ponto

A família já está rodeando, com aqueles burburinhos de “tô com fome”, “essa carne ainda não ficou pronta?”. Para analisar o ponto da carne, é preciso que a corte sempre transversalmente à fibra. O tempo médio de preparo de uma peça inteira é de 40 minutos aproximadamente, variando com a brasa, o tipo e tamanho do corte.

    Author: Claudio Ribeiro

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *