Curitiba linda em seus 324 anos – Parabéns!

ctba

Curitiba nasceu indígena e portuguesa, no primeiro planalto do Paraná, 934 metros acima do nível do mar. Seu nome significa pinheiral, na linguagem dos índios Guarani. Remete à predominância do pinheiro-do-Paraná em seu território.

A “certidão de nascimento” de Curitiba assinala o dia 29 de março de 1693, quando foi criada a Câmara Municipal. Naquele final de século XVII, a cultura era de subsistência e a atividade econômica tinha base na mineração.

O ciclo econômico seguinte foi o tropeirismo: condutores de gado viajavam entre Viamão, no Rio Grande do Sul, e a Feira de Sorocaba, em São Paulo, de onde os animais eram levados para Minas Gerais. Os tropeiros faziam invernadas a meio caminho, nos “campos de Curitiba”, acampamentos que só eram desmontados depois da estação fria. Aproveitavam o inverno para fazer negócios e acabaram induzindo Curitiba à condição de importante entreposto comercial.

Muitas outras marcas se devem ao ciclo tropeiro, que durou mais de dois séculos: a erva-mate na forma de chimarrão (quente, porque o tererê dos índios era com água fria), o uso de ponchos de lã, a carne assada, o fogo de chão que provocava as rodas de prosa e os “causos”, o sotaque escandido – leitE quentE -, a abertura de caminhos e a formação de povoados.

Dois outros ciclos econômicos foram praticamente paralelos na história de Curitiba: o da erva-mate e o da madeira. Sua expansão, no final do século XIX, motivou a construção da Estrada de Ferro Paranaguá-Curitiba, primeira ligação da capital da então Província do Paraná com o Litoral. Feita em cinco anos (1880-85), a ferrovia é uma das maiores obras da engenharia nacional, graças aos irmãos engenheiros Antonio e André Rebouças. Utilizou grandemente a força de trabalho dos imigrantes, chegados em massa desde meados dos anos 1800.

Curitiba se beneficiou, no início do século XX, com a riqueza oriunda dos engenhos de erva-mate. Seus proprietários, os “barões da erva-mate”, construíram mansões para moradia na capital, em boa parte preservadas em dois conjuntos significativos, nos bairros Batel e Alto da Glória.

O ciclo econômico seguinte foi o da monocultura do café, que semeou cidades no norte do Estado do Paraná, com reflexos evidentes sobre a economia da capital.

Castigado pelas intempéries, o café foi sendo aos poucos substituído pela soja, até sua completa erradicação após a geada negra de julho de 1975.

Curitiba (PR) é considerada a cidade modelo do nosso país, e não é para menos. Quem já foi sabe como a cidade funciona, como as pessoas são cívicas, cidade limpa e bem estruturada. E para quem ainda não foi vamos demonstrar aqui para vocês o porquê desse título e incentiva-lo a conhecer essa maravilhosa cidade.

Curitiba é capital do Estado do Paraná na Região Sul do Brasil. Curitiba é planejada e premiada internacionalmente, em gestão urbana, meio ambiente e transporte coletivo. A continuidade da gestão pública foi essencial para a cidade atingir o patamar em que se encontra.

Clima

Os Curitibanos e os moradores dessa linda cidade dizem que Curitiba é uma cidade impar! Em um dia você consegue experimentar as quatros estações, podemos ter frio, chuva e calor em menos de 24h. Ou seja, saia sempre com um casaco!

Transporte Coletivo

A Rede de transporte público em Curitiba é totalmente integrada, o RIT (Rede Integrada de Transporte Coletivo), permitindo ao usuário utilizar mais de uma linha de ônibus com o pagamento de apenas uma tarifa. O processo de integração ocorre a partir de terminais de integração onde você pode desembarcar de uma linha e embarcar em qualquer outra dentro daquele espaço sem um novo pagamento. Você consegue acessar diversos bairros de Curitiba com um único bilhete e ainda conta com o RIT Metropolitano, que mantém 13 municípios conectados ao RIT.

sisters in travel-curitiba-cidade modelo-trasnporte coletivo-foto divulgação

Linha Turística

Uma forma bem prática de conhecer Curitiba é utilizar o ônibus double decker  da Linha Turismo, linha especial que circula pelos principais pontos turísticos da cidade, entre eles: parques, museus, teatros, mirantes, espaços culturais, centro histórico, bairro gastronômico, memoriais étnicos e o recém-reformado Mercado Municipal.

Com a aquisição da cartela com 05 tíquetes, no valor de R$ 40,00, você pode desembarcar em 4 dos 25 atrativos turísticos de sua preferência, passando o tempo que quiser no local e reembarcando no próximo ônibus, que passa a cada 30 minutos.

O ônibus está funcionando  regularmente de Terça a Domingo, a partir das 9 horas até as 17h30, com saída inicial na Praça Tiradentes, no centro da cidade. Nos períodos de férias de Julho e de Dezembro a Fevereiro, a Linha Turismo passa a funcionar todos os dias. Busque sempre pela tabela de horário de saída dos ônibus em cada ponto e aproveite ao máximo seu passeio.

sisters in travel-curitiba-cidade modelo-linha turismo-foto divulgação

Pontos turísticos

Praça Tiradentes/Catedral

Rua das Flores

Rua 24 Horas

Museu Ferroviário

Teatro Paiol

Jardim Botânico

Mercado Municipal/Mercado de Orgânicos

Universidade Federal do Paraná/Teatro Guaíra

Paço da Liberdade

Passeio Público/Memorial Árabe

Centro Cívico

Museu Oscar Niemeyer

Bosque João Paulo II/Memorial Polonês

Bosque Alemão

Bosque Zaninelli/Universidade Livre do Meio Ambiente

Parque São Lourenço

Ópera de Arame/Pedreira Paulo Leminski

Parque Tanguá

Parque Tingui

Memorial Ucraniano

Santa Felicidade

Parque Barigui

Torre Panorâmica

Setor Histórico

Cidade verde e sustentável!!!

Curitiba é a cidade mais verde do país e da América Latina, segundo relatório Green City Index (Índice Verde de Cidades), realizado pela Siemens com a Economist Intelligence Unit. A pesquisa considera oito pontos de sustentabilidade em cada cidade, são eles:  energia e emissões de CO2, opções de transporte, água, gestão de resíduos, qualidade do ar, saneamento, construções verdes e governança ambiental global.

Diante da avaliação, a capital paranaense foi a única classificada com pontuação acima da média, tendo destaque com a qualidade do ar, reuso de resíduos e mobilidade urbana.sisters in travel-curitiba-cidade modelo-parque tingui-foto C. Ruggi

A cidade ainda conta com uma imensa área verde, de 64,5 m (16.4 feet)² de área verde por habitante dividido em 36 espaços urbanos de preservação entre parques e bosques. Não para menos, Curitiba é considerada uma das dez cidades mais sustentáveis do mundo, e a segunda cidade do ranking mundial de equilíbrio ambiental e a melhor em qualidade do ar do país, segundo a OMS.

Dados Gerais da Cidade

Dados Gerais de Curitiba
Altitude 945 m (3100.39 feet)
Área 434,967 km (600.87 miles)²
Área verde por habitante 64 m (209.97 feet)²
Bairros 75
Clima Subtropical
Extensão Norte-Sul 35 Km
Extensão Leste-Oeste 20 Km
Fuso Horário Brasília (UTC-3)
Gentílico Curitibano
Latitude 25º25’48” Sul
Longitude 49º16’15” Oeste
Pluviosidade 1500 mm/ano
População 1.851.215 habitantes (IBGE/2009)
Relevo Levemente ondulado
Temperatura média no verão 21 ºC
Temperatura média no inverno 13 ºC

Curitiba é realmente uma cidade modelo. Sempre preocupada com a qualidade de vida, preservação do ambiente, sustentabilidade, posso dizer que essa capital cumpre com sua função social. Constantemente comparada á cidades europeias, podemos nos orgulhar de encontrar no Brasil uma cidade com destaque mundial, uma cidade modelo para o Brasil e o mundo.

Os curitibanos tem muito do que se orgulhar, e nós brasileiros também!

    Author: Claudio Ribeiro

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *