Conheça um pouco da verdadeira cultura da Angola :

 

O PENSADOR

 
       A peça designada Pensador, é uma das mais belas esculturas de origem Cokwe, constituindo hoje o referencial cultural inerente a todos os angolanos, visto tratar-se do Símbolo da Cultura Nacional. Olhando para esta escultura, misturam-se os sentimentos mais diversos e, tentar exprimir a emoção que ela provoca, a estética que lhe é intrínseca, sugere interrogar como admirá-la: se com olhar de alguém endógeno ao grupo que assumiu como símbolo da sua cultura, ou se admirá-la como alguém capaz de livremente interpretar a sua estética e tecer opiniões a respeito.

As premissas interligam-se e prevalece a importância de perceber o Pensador no seu contexto, não perdendo de vista que, quanto melhor se conhece esta peça, melhor se poderá falar dela e novos elementos de análise vão surgindo.

Ela representa a figura de um ancião, que pode ser uma mulher ou um homem. Concebida simetricamente, face ligeiramente inclinada para baixo, dimana um subjetivismo intencional.

Em Angola, os idosos ocupam um estatuto privilegiado. Eles representam a sabedoria, a experiência de longos anos, os conhecedores dos segredos da vida.

A dinâmica emprestada a esta peça reflete o alto conhecimento e a intenção estética do seu autor(aónimo), que foi capaz de lhe conferir o equilíbrio do gesto calmo, tranqüilo, sereno e a harmonia da mensagem mais ou menos enfatizada na utilização dos espaços abertos e fechados, de tal maneira humanizada, que acreditamos por isso estar em presença de uma das mais belas obras de arte jamais concebidas.

Esta peça trata-se do segundo estudo escultórico elaborado a partir do original, furtado das coleções do Museu Nacional de Antropologia, por acções de pirataria de arte.

Na sua expressão, podemos ainda ver retratados as tensões, o ritmo, o movimento que a referencia à sua escola criadora – A Escola Cokwe – escola tradicional desenvolvida ao longo de muitos séculos.

    Author: Redação

    Share This Post On