Caravana traça mapa cultural

Projeto para produzir o Mapa de Cultura do Rio de Janeiro, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura e com patrocínio da Petrobras, está percorrendo a região para traçar um mapa cultural, quando estiver concluído, o material será disponibilizado em várias mídias da internet, com roteiros e informações sobre as características culturais de todos os 92 municípios do Estado. Ontem a caravana esteve em Volta Redonda, hoje em Barra Mansa, e amanhã em Rio Claro.Desde o dia 22 de janeiro, a caravana com equipe que reúne repórter, fotógrafo e cinegrafista percorre pelos municípios da serra e sul do estado. O mapeamento do Estado do Rio apontará espaços culturais, calendário fixo da cultura local e principais destaques dos patrimônios material, imaterial e natural do Estado, desde a Festa do Divino em Paraty e tradição finlandesa de Itatiaia às serestas de Conservatória e ao Boi Pintadinho, de Campos.Com recursos de georreferenciamento, o levantamento vai oferecer um mergulho na cultura do Rio. Segundo a Secretária de Estado de Cultura, Adriana Rattes traçar o Mapa de Cultura do Rio de Janeiro é uma prioridade. “Um dos nossos projetos mais importantes e necessários. Ele nos ajudará a conhecer mais a fundo o tecido que forma a cultura do nosso estado, fará uma radiografia do que realmente são nossos 92 municípios”, diz a secretária. O Mapa de Cultura será como uma bússola para estudantes, turistas, produtores culturais e interessados em cultura em geral, que poderá conduzi-los aos Quilombos do Vale do Paraíba ou à Festa do Cascudo em Itaperuna. Um guia para dançar o Mineiro Pau ou jongar em Pinheiral. Trará ainda um registro de manifestações ligadas à cultura digital e indicará os principais festivais de cultura do Estado, como o Festival de Jazz de Rio das Ostras ou o festival de música do Vale do Café, entre tantos outros.O projeto vai mostrar, através do portal Cultura.rj (www.cultura.rj.gov.br), da Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, uma ampla pesquisa sobre o que os 92 municípios fluminenses produzem em áreas como música, teatro, artes visuais, arquitetura, gastronomia, dança, entre outras. Pé na estrada O mapeamento cultural do Estado vai percorrer todo o território para retratar e divulgar as riquezas e diversidades da cultura produzida no interior do estado do Rio. O projeto, realizado com patrocínio da Petrobras através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (Lei do ICMS), será produzido pela Diadorim Ideias & Comunicação e disponibilizará textos, fotos e vídeos para o grande público, num esforço de catalogação inédito.PROGRAMAÇÃO Barra Mansa 9 horas – Cooperativa das Artesãs de Amparo14 horas – Coletivo Teatral Sala Preta16 horas – Associação dos Sertanejos * foto apenas da igreja Matriz. 18 horas (em Volta Redonda) – Visita ao Cine Foto, Clube Fotofilatélico de Volta Redonda Rio Claro10 horas: Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos com a presença de um ex-morador da cidade: Seu Sebastião, de 93 anos12 horas: Igreja de São Joaquim da Grama, ruína15 horas: Lídice e o Monumento à Fenix:17 horas: Grupo de teatro Trupe ‘Contadores de história’ e Igreja de Nossa Senhora da Piedade de Rio Claro

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *