BRUNO BARRETO BATE PAPO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

Cineasta comenta sobre os diferentes gêneros cinematográficos e exibe o making of de seu novo filme “Flores Raras” no projeto Juliette Convida

A CAIXA Cultural Curitiba traz para a quarta edição do “Juliette Convida”, no dia 11 de setembro, um encontro com o cineasta carioca Bruno Barreto. O diretor, que já teve uma produção indicada ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, dirigiu trabalhos no Brasil e nos Estados Unidos, e foi o responsável por uma das maiores bilheterias do cinema nacional (Dona Flor e seus Dois Maridos), exibirá o making of de seu novo filme, “Flores Raras”. Em seguida, Barreto bate um papo sobre o tema “Cinema e gêneros narrativos”, uma vez que já lidou com os mais variados tipos de filmes, como dramas, comédias, telefilmes, produções nacionais e estrangeiras. A entrada é franca e os ingressos serão distribuídos na bilheteria a partir das 19h.

Bruno Barreto:

Filho de produtores cinematográficos, Bruno Barreto teve contato com a sétima arte desde cedo, o que incentivou uma carreira iniciada na pré-adolescência. Dos 12 aos 16 anos, dirigiu um curta-metragem por ano. Aos 17 estreou no formato longa-metragem com “Tati, a Garota” e, dois anos depois, filmou “A Estrela Sobe”. Chegou ao seu maior sucesso com apenas 21 anos, quando adaptou para o cinema a obra de Jorge Amado, “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (1976), que levou 10,7 milhões de pessoas aos cinemas e foi, por 34 anos, a maior bilheteria do cinema nacional.

Seguiu com novas adaptações, como “Gabriela Cravo e Canela” (1982), também de Jorge Amado, e “O Beijo no Asfalto” (1984), de Nelson Rodrigues,, entre outros títulos. Na década de 1990, focou sua carreira em produções internacionais, além de dirigir o nacional “O Que é Isso Companheiro?”, indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 1997. Entre os últimos trabalhos estão filmes como “Bossa Nova” (2000), “Voando Alto” (2003), “O Casamento de Romeu e Julieta” (2004), “Caixa 2” (2007), “Última Parada 174” (2008) e dois episódios da série de TV “O Amor em 4 Atos” (2011).

Seu trabalho mais recente, “Flores Raras”, que foi apresentado, no início deste ano, na mostra “Panorama do Festival de Berlim”, retrata os 15 anos do romance entre a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires) e a poeta americana Elizabeth Bishop (Miranda Otto). Além deste título, Barreto finalizou, neste ano, as filmagens de “Super Crô”, inspirado em personagem de telenovela protagonizado por Marcelo Serrado. Além de diretor, Bruno Barreto é roteirista e produtor, tendo produzido longas-metragens para diretores como Carlos Diegues, Antônio Calmon e Miguel Falabella.

Juliette Convida:

Idealizado por Josiane Orvatich e Murilo Wesolowicz, o projeto “Juliette Convida” promove cinco encontros com importantes cineastas brasileiros, que exibem um trabalho audiovisual de curta-metragem, seguido de um debate com o público presente, com tema proposto pela produção. As primeiras edições trouxeram a Curitiba os diretores Jorge Furtado (13 de março), Lúcia Murat (8 de maio) e Eliane Caffé (10 de julho). O próximo encontro, que encerrará esta temporada, será realizado em 13 de novembro, às 20h, no teatro da CAIXA Cultural, em Curitiba.

Informações e entrevistas:

Rodrigo Duarte – (41)9941-2602

digaoduarte@gmail.com

Serviço:

Juliette convida – Bruno Barreto

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 11 de setembro de 2013 (quarta-feira)

Hora: 20h

Ingressos: Entrada franca. Os ingressos serão distribuídos na bilheteria do teatro a partir das 19h

Bilheteria: (41) 2118-5111 begin_of_the_skype_highlighting GRÁTIS (41) 2118-5111 end_of_the_skype_highlighting (de terça a sexta-feira, das 12h às 20h; sábado, das 16h às 20h; domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: Não recomendado para menores de 14 anos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *