Brasil adere a Programa de Crédito para ampliar turismo na Rota das Missões

07_08_17_missoes

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, participou nesta segunda-feira (7), em São Miguel das Missões (RS), da primeira reunião do Conselho Executivo da Rota Jesuítica Internacional da América do Sul. Durante o encontro, o ministro assinará uma carta de adesão do Brasil ao Programa Global de Crédito, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a Integração Regional dos Países da Bacia do Prata, com o intuito de integrar o turismo regional. O valor total da iniciativa é de US$ 100 milhões para os cinco países.

“O Ministério do Turismo tem total interesse no sucesso desta rota integrada. Por isso, fiz questão de aproveitar este ato para assinar na frente de todos aqui presentes a carta de crédito que representa o ponta pé inicial para termos acesso aos recursos do BID para o nosso projeto”, afirmou o ministro Marx Beltrão.

A rota, composta por destinos do Brasil, Uruguai, Bolívia, Paraguai e Argentina, é um tema fundamental para o desenvolvimento econômico da região. O evento contou ainda com a presença do ministro do Desenvolvimento Agrário, Osmar Terra; o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, – que assinou, como testemunha, a carta de adesão – e de representantes da Argentina e Paraguai.

No encontro, organizado pela Associação dos Municípios das Missões (AMM), os países participantes discutiram, ainda, estratégias para consolidar a rota, que recebe cerca de 250 mil visitantes por ano em seus mais de 30 atrativos integrados. Na parte brasileira, a expectativa é triplicar o número de visitantes da região em dois anos, passando dos atuais 100 mil anuais para 300 mil.

“Sabemos que não adianta investirmos em infraestrutura se não promovermos os destinos. Por isso, imagens de atrativos da Rota das Missões vão entrar na campanha do Sul do país que vamos lançar no próximo dia 24, com o objetivo de divulgar tudo os que essa região tem de melhor”, concluiu o ministro.

Também foram debatidos a maior interação do setor público com a iniciativa privada nos atrativos do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia, além de assuntos relacionados a linhas de financiamento para promoção e estruturação da rota e diretrizes sobre formatação e comercialização do roteiro no mercado internacional.


Ministro Marx beltrão assina carta de adesão. Crédito: Roberto Castro

ROTEIRO – A beleza e importância das Ruínas de São Miguel das Missões (RS), garantiram ao conjunto remanescente dos Sete Povos das Missões Jesuíticas na América o título de patrimônio cultural da humanidade, concedido pela Unesco. O local conta um pouco da história da Companhia de Jesus, que tinha os objetivos de doutrinar e catequizar a população indígena da região.

Integram o roteiro turístico, na parte brasileira, a Aldeia Guarani, o Museu das Missões, a Cruz Missioneira, a Fazenda da Laje, a Fonte Missioneira, o Ponto de Memória Missioneira e o Pórtico com escrita em guarani – CO YVY OGUERECO YARA, que significa “esta terra tem dono”. O visitante pode aproveitar para conhecer outros atrativos da região como a Catedral Angelopolitana, de Santo Ângelo, e os Sítios Arqueológicos de São João Batista, São Lourenço e São Nicolau.

    Author: Brasil Cultura

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *