Arte brasileira deve gerar US$ 2 milhões em negócios, nos EUA, nos próximos dias

A Brazil ArtFair, primeira feira dedicada à arte contemporânea brasileira e ao design, que acontece em Miami, em dezembro, é iniciativa de um empresário brasileiro que investiu R$ 1,5 milhão para reunir obras de 15 galerias de arte brasileiras, totalizando mais de 100 artistas.

O evento acontece simultaneamente à Semana de Arte de Miami e deve receber mais de 30 mil visitantes de 4 a 8 de dezembro. A expectativa de negócios durante a primeira edição da feira é de US$ 2 milhões e a meta para 2014 é chegar aos US$ 10 milhões. “O mercado de arte no Brasil ainda é muito tímido, representa 1% do mercado mundial, mas internamente tem crescido; no ano passado cresceu 27%”, diz Michel Serebrinsky.

De acordo com o empresário a internacionalização é fundamental para a valorização da arte nacional. “A BRAF é a maior iniciativa privada de fomento e internacionalização do mercado de arte brasileiro. Vai trabalhar a imagem do país como um polo criativo de alta qualidade e celeiro para descoberta de novos artistas. Afinal, é no mercado externo, devido à competitividade, que as obras são valorizadas”, explica.

Além das obras que serão comercializadas, a feira reúne duas exposições; obras de 14 renomados artistas brasileiros, entre eles, Berna Reale, Mauro Restiffe, Rivane Neuenschwander e Pedro Motta e de 18 designers consagrados em movelaria e objetos, como Guto Indio da Costa, Jader Almeida e Domingos Totora.

Brazil ArtFair
De 4 a 8 de dezembro, em Miami, Flórida
Mais informações com Soraia Nigro de Lima cel. (11) 99627-2857

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *