Antigos ficam, mas novos correm risco

A Petrobras tem cerca de 300 projetos patrocinados pelo Petrobras Cultural em andamento em todo o Brasil, os quais receberam R$ 124 milhões em 2014, 2,5% a mais do que em 2013. Segundo a assessoria de imprensa, para 2015, esse programa continua fazendo parte do planejamento da companhia, mas a totalidade dos investimentos em cultura ainda não está definida.

Pela lei de incentivo federal, os aportes da subsidiária Petrobras Distribuidora despencaram 81%. Nos cinco primeiros meses de 2015 foram R$ 1,08 milhão. O valor acumulado e menor do que a média mensal de R$ 1,14 milhão de 2014.

A empresa esclarece que a maior parte dos patrocínios culturais realizados pela Petrobras Distribuidora é feita por meio da Lei Rouanet, que estabelece como teto máximo de utilização 4% do Imposto de Renda. “Sendo assim, os valores são proporcionais aos respectivos tetos”, justifica a Petrobras.

A Usiminas não revela o valor dos investimentos em cultura. Mas afirma que pretende manter o apoio atual, que beneficia 40 grupos. “Apesar do atual cenário econômico desafiador, a empresa tem como prática utilizar a totalidade dos recursos de leis de incentivo disponíveis, sejam eles estaduais ou federais”, diz via nota.

 

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *