ALAGOAS – Pontos de Cultura

 

 

As inscrições do edital de seleção dos Pontos de Cultura do Programa Mais Cultura, do Ministério da Cultura (Minc) foram prorrogadas até o dia 28 de janeiro. Para participar da seleção, uma das exigências é ser pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com natureza cultural e com dois anos de atuação. As entidades, instituições, associações ou ONGs podem se inscrever na sede da Secretaria de Estado da Cultura das 9 às 17h.

Segundo a superintendente de Formação e Difusão Cultural da Secult, Catarina Labouré, as inscrições foram prorrogadas por conta dos feriados do mês de dezembro. “Vários representantes de entidades, associações e ONGs solicitaram ampliação da data para poder elaborar os projetos dentro das normas estabelecidas pelo Minc”, disse Catarina, acrescentando que a secult promoveu três oficinas para elaboração de projetos em Maceió, Palmeira dos Índios e Santana do Ipanema reunindo 80 participantes.

Para participar da seleção é necessário ser pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com natureza cultural. Podem participar os municípios associações, sindicatos, cooperativas, escolas caracterizadas como comunitárias, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs) e Organizações Sociais (OS) sediadas e com atuação comprovada na área cultural há, pelo menos, dois anos no estado de Alagoas.

Os pontos de cultura são instituições legalmente constituídas, que atuam na produção artísticocultural na comunidade, contribuindo para a inclusão social e a construção da cidadania, por meio da geração de emprego e renda, além de ações de fortalecimento das identidades culturais. As instituições que forem selecionadas para ser ponto de cultura receberão recursos de até R$ 180 mil, divididos em parcelas de R$ 60 mil, durante três anos.

No passado os 28 Pontos de Cultura do Estado ganharam uma sede do Centro de Belas Artes para o Pontão Guerreiros Alagoanos (uma rede que agrega os Pontos de Cultura). Na nova sede os integrantes do Pontão contam uma estrutura de três salas: Multimeios – Laboratório de Informática (20 computadores ligados à Internet), de Convivência (para eventos, reuniões e capacitações) e da cultura afrobrasileira onde são realizados os ensaios da Orquestra de Tambores e oficinas de confecção de instrumentos musicais e aulas de percussão.

Atualmente cada Ponto de Cultura recebe R$ 60 mil/ano, sendo que R$ 20 mil são provenientes do governo do Estado e R$ 40 mil do Ministério da Cultura. Este investimento representa o acesso aos bens culturais, promovendo o desenvolvimento de ações junto à comunidade durante o ano todo.

Através do novo edital deverão ser selecionados mais 20 para Alagoas e no município de Arapiraca, a prefeitura abriu um edital para a seleção de outros dez.

Mais informações sobre o Edital de Seleção dos Pontos de Cultura e das Oficinas para projetos e planos de trabalho por meio dos telefones 3315-7865 e 3315-7867 ou no site www.cultura.al.gov.br

    Author: Redação

    Share This Post On