FEIJÃO DE TROPEIRO

No Paraná os tropeiros foram importantes na ocupação do segundo planalto. Os tropeiros muitas vezes precisavam pernoitar em pontos do percurso esperando a chuva estiar, ou nível dos rios abaixarem, o que gerava a necessidade de alimento, comércio, entre outros. Ocasionando a vinda de grupos familiares para esses pontos.

Nascendo assim pequenos vilarejos que, com o passar das décadas, foram tornando-se pequenas cidades e desenvolvendo-se. Podemos citar como exemplo: União da Vitória, Lapa, Castro, Cascavel, Ponta Grossa, que foi a maior entre elas, e mais inúmeras cidades.

No Paraná todo o transporte era feito por tropeiros que levavam dias levando as mercadorias nos lombos dos burros e fazendo as refeições de feijão cozido misturado com farinha, lingüiça e torresmo. Daí o nome desse prato tão saboroso, Feijão de Tropeiro. Se for feito em fogão de lenha então.

Ingredientes:
1 kg de feijão
1/2 xícara de farinha de mandioca
1 kg de lingüiça
2 ovos cozidos
Alho
Cebola
Sal
1 kg de toucinho para torresmos
Cheiro verde picado

Preparo:

  • Cozinhe o feijão, sem ficar desmanchado.
  • Escorra o caldo numa peneira.
  • Faça os torresmos.
  • Frite a lingüiça em uma panela com um pouco de água tampada.
  • Destampar logo que a água secar para corar.
  • Em 1/2 xícara de gordura de torresmo bem quente, colocar os temperos e o feijão cozido sem caldo.
  • Adicionar a farinha e os torresmos.
  • Enfeite com rodelas de ovo cozido e contorne com pedaços de linguiça frita.
  • Sirva com couve à mineira arroz e molho acebolado.

 

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *