Ouça “História Hoje” 03/03: Há 240 anos, morria o historiador paulista Pedro Taques

taques

No dia 3 de março de 1777, morria o historiador paulista Pedro Taques de Almeida Paes Leme. Ele é apontado como um dos mais importantes genealogistas brasileiros.

Apresentação América Melo

ANTES DE OUVIR O ÁUDIO DESLIGUE O SOM DA RÁDIO BRASIL CULTURA NO TOPO DA PAGINA

 

 

Pedro Taques nasceu na cidade de São Paulo, em junho de 1714, e teve ao menos dois antepassados conhecidos. Era sobrinho-neto do bandeirante paulista Fernão Dias Paes Leme, apelidado de “Caçador de Esmeraldas”.

 

Também era tetraneto de Brás Cubas, o explorador português que fundou a Vila de Santos. Pouco se sabe sobre sua infância. Estudou no Colégio dos Jesuítas, em São Paulo, era mestre em artes e falava francês.

 

Foi militar e também tentou a sorte na área de mineração.

 

Em 1755, aos 41 anos, Pedro Taques foi para Portugal, tentar publicar o trabalho mais importante de sua vida, chamado ‘’Nobiliarquia Paulistana, Histórica e Genealógica’’, escrito sobre a origem das famílias dos primeiros povoadores de São Paulo e de outras regiões do Sudeste e do Sul do Brasil.

 

Grande parte dos manuscritos, porém, foi destruída no incêndio que se seguiu ao Terremoto de Lisboa, ocorrido no dia 1º de novembro daquele ano.

 

Com a perda do trabalho e sem nenhum bem material, Pedro Taques ficou gravemente doente, por vários meses.

 

Há registros de que, alguns anos depois, ele também sofreu o extravio de outros trabalhos já escritos e ainda perdas materiais.

 

Pedro Taques morreu pobre e doente, aos 62 anos, na cidade de São Paulo.

 

Produção: Salete Sobreira

Sonoplastia: Messias Melo

 

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados às datas do calendário. Vai ao ar pela Rádio Brasil Cultura de segunda a sexta-feira.

    Author: Claudio Ribeiro

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *