“O QUE SÃO ESTAMPAS EUCALOL”

“O QUE SÃO ESTAMPAS EUCALOL”
Samuel Gorberg
(Pesquisador e colecionador das Estampas Liebig e Eucalol)

      Em 1917, na Rua São Pedro localizada no Centro do Rio de Janeiro, o imigrante judeu alemão PAULO STERN fundou a empresa CORREA DA SILVA & CIA LTDA. com a atividade de venda de essências, as quais eram fabricadas no sobrado em cima da loja.
      Terminada a 1ª Guerra Mundial aqui chegou seu irmão, RICARDO STERN, que ingressou na sociedade e a dinamizou, assim é que em 1923 foram iniciadas as obras de construção de uma fábrica na Rua Ribeiro Guimarães n° 15, inaugurada por volta de 1924. Nas novas instalações fabris a empresa alterou a sua razão social para PAULO STERN & CIA LTDA. e partiu para a ampliação da linha dos produtos por ela fabricados, lançando inicialmente o sabonete EUCALOL e mais tarde a pasta de dentes e o talco.

Paulo Stern –
coleção Henrique Stern

Ricardo Stern –
coleção Henrique Stern

Fábrica na Rua Ribeiro Guimarães n° 15 – Ano de 1924
coleção Henrique Stern

      Os sabonetes que eram aqui fabricados à época o eram na cor rosa ou branca, e o EUCALOL, por ser derivado do eucalipto, era na cor verde, o que acarretou uma razoável rejeição dos consumidores com conseqüente pouca venda.

coleção Gilberto Guaranha

      Inicialmente tentaram conquistar o público com um concurso de poemas tendo por tema o sabonete EUCALOL, tendo os vencedores com prêmios em dinheiro e mais as menções honrsas sido publicados na Revista Fon-Fon em 1928 como o abaixo que recebeu o primeiro prêmio:

“Banho, para uns, é de sol;
Outros de mar o preferem;
Uns banho de igreja querem,
Mas eu cá todo me assanho
Se penso em tomar um banho
Com sabonete EUCALOL”

Fernando Reis – Rio      Mesmo assim as vendas do sabonete EUCALOL não eram satisfatórias, e os irmãos Stern lembraram-se das estampas Liebig que tanto sucesso faziam na Europa e resolveram lançar as ESTAMPAS EUCALOL, convidando o público a colecioná-las com um anúncio publicado no suplemento do jornal “A Noite” em 11 de junho de 1930.      O sucesso foi estrondoso, crianças e adultos colecionavam as estampas impulsionando as vendas do sabonete e a empresa crescia vertiginosamente. Em 1932 ingressou na sociedade o terceiro irmão, ERICH STERN e a empresa alterou a razão social para PERFUMARIA MYRTA S/A.
      No decorrer da década de 30 foram sendo adquiridos os terrenos vizinhos e a fábrica sendo ampliada, tendo na década de 40 atingido a numeração de3 a 99 na Rua Ribeiro Guimarães.

Erich Stern
coleção Henrique Stern
Vista da fachada da fábrica em 1944 – coleção Henrique Stern
      As primeiras séries das ESTAMPAS EUCALOL tiveram temas bem brasileiros: A VIDA DE SANTOS DUMONT, EPISÓDIOS NACIONAIS, PRODUTOS DO BRASIL, CACHOEIRAS DO BRASIL, AVES DO BRASIL intercalados com outros temas de âmbito universal como DON QUIXOTE e COMPOSITORES CÉLEBRES, e nesta última incluíram CARLOS GOMES.            
      De 1930 a 1957, ano em que foram emitidas as últimas estampas, tivemos 54 temas distribuídos em 2.400 estampas. Uma série bonita é a dos UNIFORMES DO BRASIL desde 1730, publicada com autorização do Ministério da Guerra.
      Uma das séries sobre BANDEIRAS deixou um folclore até hoje não esclarecido. Como várias séries eram republicadas no correr dos anos, este tema estava sendo reimpresso quando o BRASIL entrou na 2ª Guerra Mundial. Na impressão anterior, este tema tinha quatro bandeiras entre outras, sendo duas da Alemanha, uma do Japão e uma da Itália.      Dizem que quando o primeiro carregamento de estampas chegou à fábrica a Diretoria mandou separar todas estas 4 estampas e fez uma cerimônia solene de queima das mesmas no pátio. Consta que alguns funcionários, que eram colecionadores, separaram para si algumas destas estampas, mas até hoje não se tem notícia de alguém as ter visto. Se alguém tiver alguma notícia concreta sobre o assunto, agradeceria entrar em contato comigo pelo tel. (0XX21) 553-0882 ou por e-mail: sgorberg@uol.com.br. Alguns colecionadores, vendo que estas 4 estampas não apareciam no mercado, procuraram a PERFUMARIA MYRTA e lhes foi dado um cartão conforme acima para ser colocado no álbum, a fim de não deixar suas coleções com espaços em aberto.      Séries como HISTÓRIA DO BRASIL e LENDAS DO BRASIL eram usadas em escolas pelo Brasil afora como material didático. O artista PERCY LAO, por ter vasta experiência no desenho de temas regionais brasileiros em virtude de ter trabalhado durante muitos anos no IBGE fazendo desenhos temáticos brasileiros, foi contratado para desenhar a série VIAJANDO PELO BRASIL, que apresenta 6 estampas com motivos regionais de cada estado, inclusive o da cidade do Rio de Janeiro, na época Distrito Federal. Os originais destes desenhos foram feitos por ele a bico de pena e são muito interessantes.                            Após a 2ª Guerra Mundial a 1ª geração dos STERN foi se afastando da faina diária, passando o bastão para a Segunda geração. Durante a década de 50 a PERFUMARIA MYRTA teve forte presença na mídia, tanto no rádio como em revistas, tendo patrocinado o programa BALANÇA MAS NÃO CAI da Rádio Nacional durante muitos anos. Um tema que proporcionou belas estampas é o das HISTÓRIAS INFANTIS com João e Maria, Branca de Neve, Gato de Botas, Gata Borralheira, Chapeuzinho Vermelho e A Bela Adormecida. Visando a reduzir custos a fim de enfrentar a concorrência das multinacionais que se estabeleciam no Brasil, em 1957 a PERFUMARIA MYRTA decidiu encerrar a impressão das ESTAMPAS EUCALOL, e o último tema impresso foi ESCOTISMO, cujos aficcionados até hoje procuram por estas estampas. Apesar do esforço desprendido a empresa não suportou a concorrência e em 1978 acabou por ser vendida, tendo sido requerida a falência da empresa em 1980. As ESTAMPAS EUCALOL são as estampas mais importantes da América Latina, encontrando-se colecionadores das mesmas em vários países do Hemisfério Sul. Fizeram parte da vida brasileira durante quase 30 anos, deixando marcada sua presença nas gerações que as vivenciaram.

    Author: Redação

    Share This Post On