Cinemateca de Curitiba recebe Mostra de Cinema e Exposição Fotográfica sobre Arquitetura e Urbanismo

Nesta quinta-feira, dia 12, às 18h, inicia na Cinemateca de Curitiba a mostra Cinema e Arquitetura. Ela acontece paralelamente à exposição “Arquitetura da Resistência”, do fotógrafo Ricardo Almeida. Os dois eventos integram a “I Semana da Arquitetura e Urbanismo do Paraná”, organizada pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Paraná (IAB-PR), pelo Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas do Estado do Paraná (SindArq), pela Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP-PR) e pela Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA-PR), com apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Paraná. A Semana é realizada para marcar a passagem do “Dia do Arquiteto e Urbanista”, comemorado em 15 de dezembro.

Durante a mostra Cinema e Arquitetura serão exibidos os documentários “Traço Concreto” (dias 12 e 14/12), dos diretores curitibanos Danilo Pschera e Eduardo Baggio; e “Oscar Niemeyer – A vida é sopro” (dias 13 e 15/12), de Fabiano Maciel. As sessões são gratuitas e acontecem às 18 horas.

“Traço Concreto” é um documentário inteiramente produzido e filmado em Curitiba, abordando um tema que faz importantes conexões com o urbanismo da capital paranaense: a arquitetura modernista. Para isso, os diretores Danilo Pschera (que também é roteirista) e Eduardo Baggio abordaram, de forma original, as histórias de três casas como se fossem personagens principais deste filme. As três foram projetadas por importantes nomes do urbanismo paranaense e nacional – Lolô Cornelsen, Salvador Gnoato e Marcos Bertoldi – que participam do filme com relatos que ultrapassam a esfera profissional, ganhando tons emotivos ao lembrarem suas obras.

Por meio de depoimentos, material de arquivo e animações, a história de cada uma das casas é remontada, desde o nascimento (ou construção) até seu declínio, abandono e demolição. Desta forma é possível evidenciar a importância não só da construção de uma casa, mas também da preservação da arquitetura. Antes do longa, haverá a exibição do curta “Frederico”, sobre a casa do arquiteto Frederico Kirchgässner, residência pioneira da arquitetura moderna em Curitiba ao ser construída nos primeiros anos de 1930.

Já “Oscar Niemeyer – A vida é um sopro”, que tem roteiro e direção do cineasta gaúcho Fabiano Maciel, é um documentário longa-metragem que procura se pautar na clareza de suas linhas e na poética de suas formas, para (re)construir a história do maior ícone da Arquitetura Moderna Brasileira.

No filme o arquiteto conta de forma descontraída como concebeu seus principais projetos. Niemeyer mostra como revolucionou a Arquitetura Moderna, com a introdução da linha curva e a exploração de novas possibilidades de utilização do concreto armado. Fala também sobre sua vida, seu ideal de uma sociedade mais justa e de questões metafísicas como a insignificância do Homem diante do Universo.

Exposição Arquitetura da Resistência

Na quinta-feira, dia 12, às 20h, no hall da Cinemateca de Curitiba acontecerá abertura da exposição “Arquitetura da Resistência”, do fotógrafo catarinense Ricardo Almeida, radicado em Curitiba há mais de 30 anos. A mostra conta com 30 fotografias panorâmicas em preto e branco, com 50 centímetros de altura, com tamanhos que variam até 2,7 metros.

O fotógrafo revela que teve a ideia da exposição quando realizava um trabalho para a COHAB-CT, fazendo o registro fotográfico de assentamentos irregulares em seis bacias geográficas da capital paranaense (Atuba, Ribeirão dos Padilha, Barigui, Belém, Iguaçu e Formosa), além de áreas nos afluentes das mesmas. “O que me chamou a atenção no primeiro momento foi a forma como as pessoas adaptam suas habitações ao ambiente em que vivem, daí a opção pelo registro em fotos panorâmicas”.

Segundo Ricardo outro aspecto interessante observado é em relação aos interiores das residências. “A decoração interior evidencia, de maneira muito forte, os valores culturais das pessoas que ali residem. Em praticamente todas as casas estão, em destaque, fotos de família, imagens religiosas e times de futebol”.

A exposição segue no hall da Cinemateca até o dia 18 de dezembro, das 14 às 22 horas.

SERVIÇO:

Mostra Cinema e Arquitetura. Dias 12 e 14/12, documentário “Traço Concreto”. Dias 13 e 15/12 documentário “Oscar Niemeyer – A vida é um sopro”.

Hora: 18h

Exposição “Arquitetura da Resistência”, do fotógrafo Ricardo Pereira.

Hora: Abertura dia 12/12, 20h. Visitação até 18/12, das 14h às 22h.

Local: Cinemateca de Curitiba (R. Presidente Carlos Cavalcanti, 1174).

Ingressos: Entrada franca

Mais informações de imprensa com Antonio Carlos pelo fone 8713-9826.

    Author: Redação

    Share This Post On

    Enviar um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *