Cinema Contemporâneo

portadaXI Festival Internacional de Documentários está com inscrições abertas até 30 de novembro

As inscrições para o XI Festival Internacional de Documentários “Santiago Alvarez in Memorian’, que será realizado em Santiago de Cuba, estão abertas até 30 de novembro. Podem participar cineastas e documentaristas de todo o mundo que poderão inscrever suas obras pela página eletrônica www.cubacine.cu/festival/santiago.html

O Festival, que terá como país convidado o Brasil, acontece entre os dias 8 e 13 de março de 2010, uma promoção do Instituto Cubano de Arte e Indústria Cinematográfica (Icaic), do Instituto Cubano de Rádio e Televisão e pela Direção Provincial de Cinema de Santiago de Cuba.

Os documentaristas brasileiros podem concorrer com obras filmadas em 35mm, 16 mm ou vídeos, desde que realizadas depois de 2006. Os filmes devem ter legendas ou ser dublados em espanhol. As cópias devem estar no sistema NTSC ou PALM, em formatos VHS, DVD ou DVCAM (este último só em NTSC). Os documentaristas também podem concorrer com projetos, desde que apresentem sinopse e uma descrição detalhada da proposta.

Santiago Alvarez

Santiago Alvarez nasceu no dia 8 de março de 1919 em Habana Vieja, Cuba. Estudou medicina durante dois anos e nunca terminou. Em 1938 foi para os Estados Unidos da América tentar fortuna e lá teve a vivência que o levaria para o cinema. Segundo ele, foi uma grande lição e experiência de vida: “Pude ver o que significava de verdade os EUA para mim, para o povo cubano e para o povo americano. Depois que voltei dos EUA, tornei-me socialista”.

Santiago, considerado um dos maiores documentaristas latino-americano, estreou no cinema aos 40 anos de idade. Sua obra é composta por 600 cinejornais, 96 filmes e três vídeos. Dedicado à sua memória, o Festival Internacional reflete as preocupações do cineasta, focando nos grandes temas do mundo contemporâneo e na reflexão sobre o papel do cinema documental na nossa época.

Segundo os organizadores, em um momento onde o poder midiático tenta estabelecer uma cultura globalizada e um pensamento único, redobra a importância do cine documental, gênero artístico com capacidade de resistência e de denúncia das múltiplas realidades silenciadas.

Outras informações:(53 7) 830 1548 ou festivalsantiagoalvarez@icaic.cu

    Author: Redação

    Share This Post On