Cineasta paranaense que estava em barco atacado por Israel diz que continuará com mobilizações

iaraleeA cineasta brasileira Iara Lee, nascida no Paraná, que estava em um dos barcos da frota atacada por Israel, quando seguia para a Faixa de Gaza, disse em entrevista que continuará com as mobilizações a favor dos palestinos. Segundo ela, os ativistas que participavam da missão para levar ajuda humanitária ao território palestino, furando o bloqueio israelense, já esperavam uma reação de Israel, mas ficaram chocados com o ataque.

– Foi uma coisa surpreendente porque foi no meio da noite, na escuridão, em águas internacionais. Porque a gente sabia que ia haver uma confrontação, mas não nas águas internacionais – disse ela, por telefone, da prisão em Beer Sheva. – Eles entreram e começaram a atirar nas pessoas.

” Eles entreram e começaram a atirar nas pessoas “

Aguardando sua deportação, Iara contou que só ouviu os tiros. Segundo ela, botaram as mulheres na parte de baixo da embarcação e cortaram as comunicações. A brasileira desembarcou no porto de Ashdod, em solo israelense, e recusou-se a deixar o país voluntariamente, segundo o conselheiro da Embaixada de Israel no Brasil, Rafael Singer.

– Os soldados disseram que éramos terroristas – afirmou. – Todos estavam de preto, com armas gigantescas, como se estivessem em uma guerra.

A brasileira, que tem dupla-nacionalidade e viajava com passaporte americano, disse que virá ao Brasil.

” Os soldados disseram que éramos terroristas “

– Voltarei ao Brasil e do Brasil vou para os Estados Unidos e continuarei as mobilizações – disse a cineasta. – A justiça não será atingida de maneira brusca e temos que continuar trabalhando.

Iara chegou a postar mensagens em sua página no Facebook quando já estava na embarcação, mas seu último texto é da noite de domingo. Desde então, diversas pessoas vêm pedindo informações a ela pelo site de relacionamentos. A brasileira não foi ferida e passa bem.

O Globo

Author: Redação

Share This Post On

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *