Soldados do Araguaia contam sobre traumas e marginalização em filme
abr01

Soldados do Araguaia contam sobre traumas e marginalização em filme

Militares de baixa patente denunciam horrores causados pelo Exército durante e depois da guerrilha: além de terem sido humilhados e torturados, hoje são ignorados pela corporação. Por Xandra Stefanel “Minha cabeça estourou três vezes com bomba. Saiu sangue do nariz, saiu sangue da boca, do ouvido, me deu mancha de sangue nos olhos (…) Enchiam a boca de açúcar com água, a gente amarrado nos pés e mãos e eles chegavam e jogavam aquele...

Leia mais
O nazifascismo entre nós
mar30

O nazifascismo entre nós

O fascismo não é um carimbo para ser colocado na testa de quem quer que seja mas é necessário entender suas características pois ele é atemporal, é cíclico e relacionado umbilicalmente às crises do capitalismo e ascensão das lutas populares nesses períodos de crises. Por Altair Freitas* Como todos sabem, o capitalismo vive uma crise prolongada, já chegando a uma década e sem soluções avançadas, progressistas, o caldo de cultura para a...

Leia mais
Tuiuti, blocos de rua e um Carnaval que fica para a história
fev16

Tuiuti, blocos de rua e um Carnaval que fica para a história

O Carnaval nasceu da popularização do samba urbano no Rio de Janeiro, no início do século 20. O estilo musical surgiu da combinação das batidas dos cultos afro-brasileiros e foi criado pela população negra, principalmente baiana, saída há pouco da escravidão e que tomou como destino a então capital do país. Por Wadson Ribeiro* Sua composição é uma mistura de festa e agonia, que se digladiam de forma poética, como cantou a mineira...

Leia mais
Homens escritores usam mais “ele” do que autoras mulheres?
fev04

Homens escritores usam mais “ele” do que autoras mulheres?

As regras da escrita de Hemingway explodiram a ideia de que advérbios poluem o texto. Mas será que ele também seguia essa regra? Essa e outras perguntas que usam a linguagem para criar perfis de escrita são o tema de A palavra favorita de Nabokov é malva (tradução livre), de Ben Blatt. Por Clarissa Wolff Em suas análises ele descobriu, por exemplo, que em cada 100.000 palavras de seus livros, Hemingway usava apenas 80 advérbios...

Leia mais
A potencialidade de Mário de Andrade: o modernista contemporâneo
jan02

A potencialidade de Mário de Andrade: o modernista contemporâneo

Editora Expressão Popular organiza livro “Contos e poemas”, sobre a vida da classe trabalhadora brasileira. Por Norma Odara “Abançado à escrivaninha em São Paulo Na minha casa da rua Lopes Chaves De supetão senti um friúme por dentro. Fiquei trêmulo, muito comovido Com o livro palerma olhando pra mim. Não vê que me lembrei que lá no Norte, meu Deus! muito longe de mim Na escuridão ativa da noite que caiu Um homem pálido magro de...

Leia mais
Golpe foi dado por “velhos aristocratas”, diz fundador do Ratos de Porão
dez14

Golpe foi dado por “velhos aristocratas”, diz fundador do Ratos de Porão

“Foi um golpe de velhos aristocratas que não querem ver pobre em avião. Para eles pobre tem que andar de ônibus, tem que se foder, engraxar o sapato deles e servir a comida deles. Rui Barbosa dizia não se iluda com pessoas de cabelo branco, pois os canalhas também envelhecem”. Com essa frase João Carlos Molina Esteves, 55 anos, ou simplesmente Jão, guitarrista do Ratos de Porão e do Periferia SA, resume o cenário político do Brasil...

Leia mais